Carioca caminha 294 km até Aparecida

Peregrino partiu domingo do Recreio e chegará à Basílica de Nossa Senhora em dois dias com 'fé e devoção'

Por O Dia

Orlando e seu cajado%3A cerca de 40 km de caminhada por diaDivulgação / Paróquia Imaculada Conceição

Rio - A fé e a devoção a Nossa Senhora da Aparecida não tem limite para os fiéis da padroeira do Brasil. É o caso do comerciante carioca Orlando de Oliveira de Araújo, de 56 anos. No domingo passado, ele iniciou uma longa caminhada de 294 quilômetros em “ação de graças e agradecimento à santa pela vida e suas conquistas familiares”.

A jornada começou na altura da Paróquia Imaculada Conceição, no Recreio dos Bandeirantes, onde Orlando mora e acabará na maior basílica do mundo dedicada à Virgem Maria, em Aparecida, no interior de São Paulo. A previsão da chegada é domingo e ele fará a maior parte do trajeto pela Via Dutra.

“Esse objetivo foi traçado há cinco anos. Estou muito feliz por estar cumprindo o que prometi a Nossa Senhora”, disse ontem, por celular, o peregrino, que leva apenas um cajado em formato de cruz e uma mochila com algumas peças de roupas.

Orlando conta que está percorrendo uma média 35 quilômetros por dia. Ontem, ele caminhou entre Volta Redonda e Resende. “Agora, na reta final vou ter que apertar pouquinho o passo”, prevê o comerciante, que na segunda-feira, dia dedicado à Nossa Senhora, vai participar das celebrações programadas junto a outros 400 mil romeiros do País , esperados pela Arquidiocese local.

Ivanilde, mulher de Orlando, disse que ela e os dois filhos do casal, Jhonatan, 32, e Leandro, 27, estão orgulhosos. “Esse propósito de Orlando com certeza vai marcar nossas vidas. Somos muito gratos à Nossa Senhora por tudo”, justificou Ivanilde, que, com o marido, é dona de um hostel.

Orlando chegou a dormir ao relento, mas, com medo de ser importunado, passou a pernoitar em pousadas e se alimentar em lanchonetes à beira do caminho. “Orlando pode estar inaugurando um novo caminho de fé´ , como já existe entre São Paulo e Minas Gerais até Aparecida”, comentou o pároco André Vilar, da Paróquia Imaculada Conceição, no Recreio, que abençoou o comerciante antes de sua partida.

Famosos pagadores de promessas

Em Aparecida, diariamente, dezenas de pessoas cruzam a passarela de 392 metros entre as basílicas nova e antiga, a 35 metros de altura, de joelhos, pagando promessas. Só a sala‘dos Milagres’, com 70 mil fotos, no subsolo do Santuário, recebe por mês 20 mil objetos em madeira, barro, gesso, tecido e cera.

Pagadores de promessas famosos, como Renato Aragão, o Didi dos Trapalhões, e o ex-BBB Cézar Lima, também já fizeram caminhadas até Aparecida, sentindo na pele cansaço, dores e bolhas nos pés. Ambos andaram mais de 170 quilômetros. Ao contrário do carioca Orlando, porém, tiveram na jornada acompanhamento de equipes formadas até por médico e personal traniner. Cézar foi agradecer por ter ficado milionário e Didi, pelo Criança Esperança.

Últimas de Rio De Janeiro