Cachorro é arremessado contra trem

Uma bicicleta também foi lançada sobre coletivo. Outros objetos, como pipa, balões e tênis, também são colocados irregularmente no sistema

Por O Dia

Rio - Um cachorro morto foi arremessado contra um trem do ramal Japeri, na tarde desta quarta-feira. De acordo com a Supervia, o coletivo precisou ser retirado de circulação e foi encaminhado para uma oficina ao chegar à Central do Brasil.

Cachorro morto é arremessado contra trem no ramal JaperiDivulgação

Segundo a concessionária, somente nos últimos 20 dias, a circulação de trens precisou ser interrompida temporariamente pelo menos três vezes, em alguns trechos, por conta de objetos encontrados na via, na rede aérea ou sobre as composições.

No dia 25 de fevereiro, uma bicicleta de criança foi retirada também do teto de uma composição, dessa vez do ramal Deodoro. O brinquedo foi localizado quando o trem passava pela estação Maracanã.

Bicicleta foi arremessada contra trem no dia 25 de fevereiro%2C no ramal DeodoroDivulgação

De acordo com a Supervia, as ocorrências foram registradas nos ramais Deodoro e Santa Cruz, mas é comum que objetos de menor ou maior porte sejam arremessados de passarelas ou deixados próximos às linhas, em todos os ramais, nos cerca de 270 quilômetros de malha férrea.  

Já na manhã do último dia 5 de março, um balão caiu sobre a rede aérea, no trecho entre as estações Maracanã e São Cristóvão, o que interditou uma das linhas até que o objeto pudesse ser retirado com segurança. A concessionária informou também que é comum a retirada de móveis, calçados, pipas e diversos outros objetos descartados do sistema.

 


Últimas de Rio De Janeiro