Mutirão do Detran Presente gera enorme fila em São Cristóvão

Posto foi montado para atender à demanda acumulada devido à paralisação de funcionários terceirizados

Por O Dia

Rio - Centenas de cidadãos compareceram à edição desta quarta-feira do Detran Presente, no posto de vistoria de São Cristóvão, Zona Norte do Rio, montado para atender à demanda acumulada devido à paralisação de funcionários terceirizados do órgão, que interrompeu a prestação de serviços nas unidades de atendimento.

O mutirão foi realizado entre as 9h e às 16h, por ordem de chegada, mas mesmo quem chegou antes da abertura do posto teve medo de não conseguir ser atendido. "Cheguei às 8h e, à tarde, começaram a distribuir senhas na fila, mas não chegou até mim", disse, preocupado, o motorista Antônio José Poço, que precisava renovar sua carteira de habilitação para continuar trabalhando.

Fila na esquina das ruas Melo e Souza com rua Idalina Senra%2C Região da Leopoldina Luiz Ackermann / Agência O Dia

No Detran Presente de hoje, os atendimentos para serviços como emissão de RG, vistoria de licenciamento anual e recursos a multas foram mais ágeis, com perspectiva de atendimento de todos que compareceram ao posto. Já para a renovação da CNH, os motoristas do fim da fila foram avisados de que receberiam uma senha para atendimento prioritário no mutirão da próxima semana, que acontecerá no dia 6 de novembro, no posto da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Ainda haverá mutirões nos postos de Nova Iguaçu (dia 8 de novembro) e Campos dos Goytacazes (10 de novembro).

O Detran também ampliou os prazos para as vistorias dos automóveis. Veículos com placa terminando com o número 8 poderão fazer a inspeção anual obrigatória até o dia 30 de novembro, e os com final 9, até 31 de dezembro.

A assessoria do Detran esclareceu que os pagamentos à empresa Prol vinham sendo realizados em dia, até que uma penalidade administrativa da empresa impediu o recebimento das verbas. Até que o problema seja resolvido, foram feitos dois contratos emergenciais com outras empresas prestadoras de serviços, mas ainda não há previsão para o reestabelecimento completo do atendimento nos postos do Detran.

Reportagem da estagiária Nadedja Calado, sob supervisão de Thiago Antunes

Últimas de Rio De Janeiro