Parada LGBT em Madureira tem esquema especial montado pela prefeitura

Diversos órgãos municipais vão atuar antes, durante e após o evento

Por O Dia

Rio - A Prefeitura do Rio de Janeiro montou uma grande operação para garantir a realização da 17ª Parada do Orgulho LGBT, no próximo domingo, em Madureira, Zona Norte do Rio. Diversos órgãos municipais vão atuar antes, durante e após o evento. 

A 17ª edição da Parada LGBT de Madureira%2C que acontece neste domingo%2C terá esquema especial montado pela PrefeituraCarlos Moraes / Agência O Dia

A partir das 13h, os trios elétricos estarão posicionados ao longo da Rua Carvalho de Souza e da Avenida Edgard Romero, em frente à Escola de Samba Império Serrano. A passeata vai percorrer a Estrada do Portela até o Shopping Madureira. A Prefeitura recomenda o uso de transporte público, de preferência trem e BRT. Não haverá estacionamento para carros no entorno do evento.

O Centro de Operações da Prefeitura vai monitorar a região em tempo real, com o apoio de 18 câmeras, de agentes em campo, além de coletar informações de usuários do aplicativo Waze e de GPS dos ônibus. O órgão poderá acionar rapidamente as equipes da Prefeitura para atuar em qualquer ocorrência.

Caso haja impactos significativos no tráfego, serão emitidos alertas para que CET-Rio, Guarda Municipal e modais de transporte façam ajustes operacionais nas vias ou nos tempos dos sinais de trânsito.

Equipes do Programa Lixo Zero também estarão em atividade no entorno da área do evento. Quem for flagrado jogando lixo na rua será multado por agentes e guardas municipais. No fim do evento, os garis vão reforçar a limpeza e lavar as pistas com carros-pipa e veículos com equipamentos de alta-pressão, liberando-as ao tráfego.

A Secretaria Municipal de Saúde vai montar uma tenda, na Travessa Almerinda Freitas, em frente ao número 42, para ações de prevenção das infecções sexualmente transmissíveis, com distribuição de preservativos masculinos e femininos (cerca de 60 mil), além de aplicação de vacina antitetânica e contra hepatite B.

Já a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos vai distribuir pulseiras de identificação para as crianças, com nome e telefone de contato dos responsáveis. Haverá também a distribuição de material informativo sobre direitos humanos, exploração sexual infantil, trabalho infantil e erradicação do sub-registro.

Alterações no trânsito

Os motoristas que vierem da Rua Carvalho de Souza com destino à Estrada do Portela devirão seguir pela Rua Francisco Batista, Rua Carolina Machado (regime de duplo sentido), Rua Américo Brasiliense e só então entrar na Estrada do Portela.

Outras alterações também serão realizadas. Segundo a Prefeitura, são elas:

- De 0h às 9h haverá interdição parcial da Rua Carvalho de Souza.

- De 9h às 24h serão interditadas: Rua Carvalho de Souza, Avenida Ministro Edgard Romero, Estrada do Portela, Rua Dagmar da Fonseca, Travessa Natal, Travessa Almerinda Freitas, Rua Maria Freitas e Rua Américo Brasiliense.

- O estacionamento será proibido nas seguintes vias: Rua Américo Brasiliense, Avenida Edgar Romero e Rua Dagmar da Fonseca, nos dois lados; e Rua Manuel Marquês, só no lado ímpar.

- A Rua Carolina Machado funcionará em regime de mão dupla. 


Últimas de Rio De Janeiro