Movimento reclama de medidas

Por O Dia

Apesar das promessas, os representantes do Muspe não ficaram tão animados com a reunião. Cerca de 200 sindicalistas fizeram vigília do lado de fora do Palácio Guanabara, durante o encontro com Pezão.

"A gente queria um calendário já publicado no D.O.", reclamou Marcio Garcia, presidente do Sindicato dos Policiais Civis.

"Ficou claro que Pezão faz arranjo para terminar o governo e passar a bola em 2019", avaliou Ramon Carrera, do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário.

Além do calendário de 2018, as demais cobranças ficaram para a próxima reunião, em 14 de dezembro. "Também pedimos a cobrança da dívida ativa. Ele encaminhará projeto de lei à Alerj", contou Carrera.

Comentários

Últimas de Economia