Chances de Lula evitar prisão são maiores no STF

Por O Dia

As possibilidades de o ex-presidente Lula conseguir um habeas corpus para evitar o início do cumprimento da pena são maiores no STF (Supremo Tribunal Federal) do que no STJ (Superior Tribunal de Justiça), dizem ministros das cortes ouvidos pelo jornal 'Folha de S.Paulo'.

O recurso do petista que será levado ao STJ deve cair com Felix Fischer, relator da Lava Jato no tribunal, tido com perfil 'duro'. Pela dimensão, o caso pode ser discutido na 5ª turma, conhecida como "câmara de gás", dada a rigidez.

Já na 2ª turma do STF, responsável por julgar os casos da Operação, quatro dos cinco ministros que fazem parte do colegiado defendem que o réu recorra em liberdade até que o processo transite em julgado: Celso de Mello, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli, que já foi advogado-geral da União durante o governo do petista.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência