Senado aceita a indicação de Vital do Rêgo para ser ministro do TCU

Plenário aprovou hoje o nome do senador do PMDB da Paraíba, que preside duas CPIs que investigam a Petrobras

Por O Dia

São Paulo - O plenário do Senado Federal aprovou nesta terça-feira a indicação do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), que preside as duas CPIs que investigam irregularidades na Petrobras, para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União, órgão responsável por fiscalizar obras e as contas do governo federal.

A indicação recebeu 63 votos favoráveis, um contrário e uma abstenção no plenário do Senado, depois de ter sido aprovado mais cedo pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da Casa.

Se confirmada a indicação, que deve ainda ser analisada pelo plenário da Câmara dos Deputados, Vital do Rêgo assumirá o posto deixado por José Jorge, que se aposentou em novembro por ter completado 70 anos de idade.

Apesar de estar apenas no primeiro mandato como senador, Vital do Rêgo preside a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), uma das mais importantes da Casa. Atualmente preside as duas Comissões Parlamentares de Inquéritos sobre a Petrobras, depois de ter sido presidido a CPI que investigou as relações do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com políticos.

Vital do Rêgo se candidatou a governador da Paraíba pelo PMDB na eleição deste ano, mas não conseguiu chegar ao segundo turno.

Últimas de _legado_Notícia