Dilma começa semana reunida com ministros e líderes partidários

Um dos temas do encontro, que acontece semanalmente, deve ser a conjuntura política

Por O Dia

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff deu início à agenda de trabalho da semana com reunião de coordenação política, na manhã desta segunda-feira, desde as 9h50, com ministros e líderes de partidos da base aliada. Um dos temas do encontro, que acontece semanalmente, deve ser a conjuntura política.

Participam da reunião os ministros das Cidades, Gilberto Kassab; de Minas e Energia, Eduardo Braga; das Comunicações, André Figueiredo; do Gabinete Pessoal da Presidência da República, Jaques Wagner; da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva; da Saúde, Marcelo Castro; dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues; da Secretaria de Governo da Presidência da República, Ricardo Bezoini; da Advocacia Geral da União, José Eduardo Cardozo; e o ministro interino da Integração Nacional, Carlos Vieira.

Também estão presentes o líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), o líder do governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), o vice-líder do governo na Câmara, Silvio Costa (PTdoB-PE) e o líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE).

O governo da presidenta Dilma inicia a semana com desafios como a suspensão da posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que foi nomeado para o cargo de ministro da Casa Civil. Na última sexta-feira (18), o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes decidiu pela suspensão da posse de Lula, atendendo a um pedido liminar do PPS e do PSDB. A Advocacia-Geral da União pediu a suspensão dos processos e decisões judicias que tenham relação com as duas ações que tramitam no STF contra a nomeação de Lula.

Também na sexta, iniciou a contagem do prazo de dez sessões plenárias para que a presidenta Dilma Rousseff se manifeste sobre o processo de impeachment, que começa a ser analisado pelos deputados da comissão especial instalada na Câmara dos Deputados.

Últimas de Brasil