Vin Diesel lança ‘Velozes e Furiosos 6’

Ator contou que em breve filma o sétimo e elogia o ‘quadradinho de 8’

Por O Dia

Los Cabos (México) - Ainda não é a hora de Dominic Toretto desacelerar. E, ao que tudo indica, o anti-herói queridinho, vivido por Vin Diesel, ainda vai fazer muito motor de carro roncar. ‘Velozes e Furiosos 6’, que estreia amanhã, não é muito diferente dos filmes anteriores da franquia, mas reforça a ideia de que misturar mulheres bonitas, carros potentes e artes marciais pode ser o segredo para o sucesso. Seu antecessor, ‘Velozes e Furiosos 5 — Operação Rio’, foi o responsável pela maior arrecadação de abertura da história da Universal Pictures, com US$ 625 milhões em todo o mundo. Antes mesmo do sexto estrear, o sétimo filme da sequência já está na boca do povo.

O Dodge Daytona vermelho 1969 customizado é uma das impressionantes máquinas usadas em ‘Velozes e Furiosos 6’Divulgação


“Não quero parar nunca! Acho que a hora boa para terminar a história de Dom Toretto vai ser quando o público não estiver mais interessado, quando não estiverem mais acompanhando o personagem. Tudo depende dos nossos fãs. Nós fizemos o sexto porque o público exigiu e vamos fazer o sétimo o mais rápido possível. Começamos a rodar o próximo neste verão, na Califórnia, com outro diretor, o James Wan, que já dirigiu muitos filmes de terror. Ele vai trazer algo de diferente para todos nós”, adianta Vin Diesel, também produtor do filme.

‘Velozes e Furiosos 6’, com direção de Justin Lin, também reúne Hobbs (Dwayne Johnson), Brian (Paul Walker), Mia (Jordana Brewster), Roman (Tyrese Gibson), Tej (Cris Ludacris), Han (Sung Kang), Gisele (Gal Gadot) e Elena (Elsa Pataky) para detonar uma organização de pilotos mercenários que age em vários países. Letty (Michelle Rodriguez), que havia ‘morrido’ no quarto filme da série, retorna à trama ainda mais invocada. “Eu senti muita pressão ao voltar, porque não era algo que estava planejado para ocorrer. Teve todo um movimento dos fãs e, graças ao público, a mente aberta do estúdio e a bondade que tiveram de me ‘ressuscitar’, estou aqui hoje. Espero que gostem deste filme. Imagina, depois de tudo isso, eu falhar”. Nas cenas de luta, ela não decepciona. “Treinei com um coordenador por três semanas para fazer todos os movimentos perfeitamente”, conta a atriz.

Dom Torreto salta de um carro em movimento no sexto longa da série de açãoDivulgação


A fúria do vilão Owen Shaw rendeu a Luke Evans, intérprete do personagem, um dente quebrado. “Praticamos muito. Eu tinha um personal trainer que me treinava cinco vezes na semana e me ensinou a socar, chutar, lutar, coisas que fiz muito durante o filme. Em uma luta com Paul Walker, quebrei uma pequena parte do dente. Tive que procurar um dentista tarde da noite”, diz Luke.

O novo filme não tem o Rio de Janeiro como cenário nem mulatas rebolando, para a tristeza de Vin Diesel. Apaixonado pela Cidade Maravilhosa, ele afirma que filmar numa favela carioca foi um grande diferencial em sua carreira. O ator diz sentir até hoje o calor humano que experimentou na comunidade do Tuiuti, nas filmagens de ‘Velozes 5’, em 2011. “Amo o Rio e considero as pessoas de lá meu povo. Sou multicultural e elas são como eu. Estamos unidos através do sangue”.

Por falar nisso, Vin conheceu, através do DIA, um hit atual na cidade: o ‘quadradinho de 8’, do Bonde das Maravilhas. Ao ver a performance das dançarinas no vídeo, ele disparou um sonoro “Uau”. “Amei os movimentos dos bumbuns”, divertiu-se, garantindo que é capaz de repetir o passo. “Claro que consigo! Quando for ao Rio, eu vou dançar”.

Últimas de Diversão