Ná e Zé expõem 30 anos de afinidades em álbum

Faixa inicial do CD é de parceria com o poeta Paulo Leminsk

Por O Dia

Rio - Excelente cantora revelada no início da década de 1980 como integrante do vanguadista Grupo Rumo, Ná Ozzetti está há 30 anos associada ao cancioneiro do compositor Zé Miguel Wisnik. Em 1985, Ná cantou ‘Louvar’ no casamento de Zé. Parceria de Wisnik com o poeta mineiro Cacaso (1944 - 1987), de quem Zé musicou em 1984 os versos que geraram a canção, ‘Louvar’ ganha seu primeiro registro fonográfico em três décadas. ‘Louvar’ é a música que encerra ‘Ná e Zé’, disco feito por Ozzetti com Wisnik sob a produção de Marcio Arantes.

Já nas lojas em CD, mas também disponível para ser baixado de graça na internet, o álbum ‘Ná e Zé’ expõe 30 anos de afinidades entre cantora e compositor. O repertório reúne 15 músicas compostas por Zé Wisnik entre 1978 e 2014. Oito eram até então inéditas em disco. Mesmo sendo disco de sobras, a rigor, ‘Ná e Zé’ tem unidade, dada pelas melodias de Zé e pelo canto límpido de Ná.

Cantora Ná Ozzetti dá voz a 15 músicas do compositor Zé Miguel Wisnik no álbum ‘Ná e Zé’%2C já nas lojasDivulgação

Joia rara, a voz de Ná parece feita para uma canção como ‘Alegre cigarra’, composta em 1979 por Wisnik com Paulo Neves e nunca gravada. Ná é a própria cigarra nesta faixa turbinada com a guitarra ‘noise’ de Guilherme Held.

‘Ná e Zé’ é disco que mergulha no baú, reafirmando a sintonia entre cantora e compositor. O disco chega ao mercado fonográfico no momento em que as expectativas estão voltadas para o CD que Ná vai lançar com o grupo paulistano Passo Torto no segundo semestre. Este disco possivelmente apontará um futuro para o canto de Ná enquanto o disco com Wisnik é a celebração de um passado. Até porque músicas como ‘A olhos nus’ (1978) e ‘Orfeu’ (1982) já foram gravadas por Ná em seu primeiro álbum solo, de 1988.

Aviso aos navegantes: a faixa inicial, o ‘medley’ com ‘Gardênias e hortênsias’ e ‘Subir mais’, parcerias com o poeta Paulo Leminski (1944-1989), está apenas no CD por questões autorais. Para quem baixar ‘Ná e Zé’, o disco inicia com ‘Sim, sei bem’, parceria com Fernando Pessoa (1888 - 1935).

Últimas de Diversão