Gugu entrevista ex-goleiro Bruno, condenado pela morte de Eliza Samudio

'Fui omisso', disse o ex-atleta que afirmou que soubesse onde está o corpo da modelo, indicaria para a polícia

Por O Dia

Rio - Depois de fazer a primeira entrevista com Suzane von Richthofen após o assassinato de seus pais, Gugu Liberato volta para os presídios para gravar mais uma matéria polêmica. O apresentador da Record conversou com o ex-goleiro Bruno, condenado pela morte de Elisa Samudio, mãe de seu filho. 

Gugu entrevista com exclusividade o ex-goleiro BrunoReprodução


Durante a entrevista, que vai ao ar nesta quarta-feira, Bruno disse não saber onde está o corpo de Elisa. “Fui omisso durante o suposto crime. Eu vi as coisas acontecerem e simplesmente deixei acontecer. Nada do que eu disser vai trazer a Eliza de volta. Mas se eu soubesse onde estivesse (o corpo) eu indicaria”, afirmou o ex-goleiro durante conversa com Gugu.

Na entrevista, que durou três horas, Bruno ainda revelou o desejo de brigar pela guarda de Bruninho, seu filho com Eliza. “Eu vou brigar por ele (o filho), pela guarda dele, eu vou trazer ele pro meu lado”. Já sobre Dona Sônia, mãe de Eliza, Bruno demonstrou não ter a intenção de pedir desculpas. “Eu poderia sim pedir perdão para Dona Sônia (mãe de Elisa), se ela tivesse sido mãe de verdade”.

O ex-goleiro ainda falou sobre seus companheiros Bola e Macarrão, também condenados pelo crime. “O Bola nunca foi meu amigo. Sobre o Macarrão, o sentimento é de frustração”.

Últimas de Televisão