Etapa do WCT é adiada por condições do mar e Gabriel Medina não compete

Com ventos fortes no Havaí, batalha rumo ao título é transferida para segunda-feira

Por O Dia

Havaí - Gabriel Medina vai ter que esperar mais um pouco para seguir em busca do título inédito no surfe mundial. Isso porque, por conta de fortes ventos em Pipeline, a etapa deste domingo precisou ser adiada diversas vezes, até que a organização do WCT decidiu transferir a prova para segunda-feira. 

Gabriel Medina é o atual líder do ranking Mundial de SurfeDivulgação/ASP

Líder do ranking mundial, o surfista brasileiro só depende de si para conquistar o caneco inédito para o país. Mas, a missão do paulista não será fácil, já que outros dois adversários também estão na mira do título no Havaí. O australiano Mick Fanning, segundo no hanking e a lenda americana Kelly Slater, que já se consagrou campeão da competição 11 vezes, prometem fazer uma disputa acirradíssima contra o jovem de 20 anos. 

Últimas de Esporte