Em jogo duro, Romênia elimina o Brasil pelas oitavas do Mundial de handebol

Sonho de bicampeonato para as brasileiras acabou cedo, logo na primeira rodada dos mata-matas na Dinamarca

Por O Dia

Dinamarca - A seleção brasileira chegou ao Mundial feminino de handebol com um alvo nas costas, sendo a atual campeã. De pensar em um eventual bicampeonato, a equipe dirigida pelo dinamarquês Mortel Solbak acabou eliminada neste domingo já pelas oitavas de final da competição, na Dinamarca, ao perder para a Romênia por 25 a 22.

Brasil acabou sendo eliminadoWander Roberto / inovafoto / Divulgação

Esta é a pior campanha brasileira pela competição desde 2009, quando ficou com o 15º lugar, quando saiu de quadra com três vitórias e três derrotas. Em 2011, o time caiu nas quartas de final. Em 2013, chegou ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez.

Embora tenha chegado ao mata-mata apenas com o quarto lugar em seu grupo, a Romênia é um país de muita tradição na modalidade. Campeã mundial em 1962, sua equipe é a única que participou de todas as edições da competição até aqui. É a única, aliás, que chegou à Dinamarca nessas condições. Mas só subiu ao pódio, depois, em 1973 e 2005.

Últimas de Esporte