Atlético Nacional confirma favoritismo, bate Del Valle e leva bi da Libertadores

Equipe colombiana teve a melhor campanha da competição

Por O Dia

Colômbia - Dono da melhor campanha desta edição na Libertadores, o Atlético Nacional de Medellín fechou com chave de ouro a sua participação no torneio com o título. Não foi fácil, mas diante de um bravo Independiente Del Valle, a equipe colombiana venceu em casa por 1 a 0 e pode levantar o caneco, fazendo a alegria dos cerca de 44 mil torcedores que compareceram ao Estádio Atanasio Girardot.

Atlético Nacional venceu a LibertadoresEfe

O herói da conquista foi novamente o artilheiro Miguei Borja. Ainda na primeira etapa, o jogador aproveitou a indecisão dos zagueiros do time equatoriano para mandar para o fundo das redes. O placar bastava para os donos da casa, já que no jogo de ida no Equador, as duas equipes ficaram no empate por 1 a 1.

Equipe comandada por Reinaldo Rueda fez a melhor campanha na fase de grupos, depois passou pelos argentinos: Huracán nas oitavas e Rosário Central, nas quartas. Na semifinal, o São Paulo foi o rival dos colombianos, Borja foi o carrasco do Tricolor Paulista marcando gols nos dois jogos decisivos. Na decisão, o Independiente Del Valle não conseguiu para o time colombiano.

Esta foi a segunda conquista do Atlético Nacional da Libertadores. Na primeira em 1989, a equipe tinha o narcotraficante, Pablo Escobar, como padrinho e jogadores lendários colombianos como: Higuita, Andres Escobar, Faustino Asprilla e Víctor Aristizábal.

Últimas de Esporte