Flamengo tenta igualar Botafogo e conquistar um título continental no Maracanã

Alvinegro é o único clube carioca a levantar uma taça envolvendo clubes da América do Sul no estádio; Glorioso foi campeão da Conmebol em 1993

Por O Dia

Rio - Palco principal do futebol brasileiro e do futebol carioca, o Maracanã não teve como costume na sua história consagrar campeões do Rio de Janeiro em caso de competições continentais. Vasco e Flamengo, clubes campeões da Libertadores e da Mercosul, fizeram suas festas longe do maior estádio do mundo. O Cruzmaltino ainda foi campeão sul-americano em 1948, antes da construção do principal palco do futebol brasileiro. Apenas o Botafogo, campeão da Conmebol em 1993, conseguiu levantar uma taça continental no estádio. Nesta quarta-feira, o Flamengo tentará se igualar ao clube de General Severiano ao enfrentar o Independiente na decisão da Sul-Americana.

Botafogo conquistou a Conmebol de 1993 no MaracanãReprodução Internet

Recentemente, o estádio foi palco de duas das derrotas mais traumáticas da história do Fluminense. Em 2008 e 2009, o clube carioca decidiu a Libertadores e a Sul-Americana no Maracanã. Em ambas, o Tricolor acabou sendo derrotado pela LDU. A primeira vez nos pênaltis, após vitória no tempo normal por 3 a 1 e a segunda, apesar da vitória por 3 a 0, os equatorianos fizeram a festa por conta da vantagem conseguida após o primeiro jogo em Quito, que terminou 5 a 1.

Com dois títulos continentais, o Flamengo fez a festa longe do Rio de Janeiro. Em 1981, após vencer no Maracanã e perder no Chile, o clube carioca se sagrou campeão ao bater o Cobreloa no Uruguai. Já na Mercosul de 1999, o Rubro-negro venceu o Palmeiras no Rio e depois empatou em São Paulo. Em 1995, na única partida final que fez por uma competição sul-americana no Maracanã, o Flamengo perdeu o título para o Independiente na Supercopa dos Campeões da Libertadores. O Rubro-negro venceu o clube argentino por 1 a 0, mas acabou vice-campeão pela vantagem construída pelo rival em Avellaneda.

Campeão do Sul-Americano de 1948, da Libertadores de 1998 e da Mercosul de 2000, o Vasco jamais mandou uma final continental no Maracanã. A equipe carioca disputou todas as decisões em São Januário.

Flamengo tenta escrever uma nova história no MaracanãMárcio Mercante / Agência O Dia

Único título internacional do Botafogo, a Conmebol de 1993 foi também a conquista solo de um clube carioca no Maracanã. Após dois empates, um em Montevidéu e outro no Rio, o maior estádio do mundo foi palco da vitória alvinegra na disputa por pênaltis.

Nesta quarta-feira, no dia em que o seu Mundial de Clubes completa 36 anos, o Flamengo tem a chance de reescrever a história do Maracanã e finalmente levantar um título continental no maior estádio do mundo.