Vaiado, Fred afirma entender reação da torcida: 'Não saí por minha causa'

Atacante reencontrou o clube em que marcou história nos últimos anos

Por O Dia

Rio - O reencontro de Fred com a torcida do Fluminense foi marcado por vaias e hostilidades da torcida tricolor. Dentro de campo, o atacante jogou apenas o primeiro tempo e o Tricolor derrotou o Atlético-MG. Um dos maiores jogadores da história do clube carioca, o centroavante afirmou entender a reação dos torcedores.

Fred reencontrou o FluminenseBruno Cantini / Atlético-MG / Divulgação

"A gente acaba entendendo essa paixão deles. Não tenho ressentimento nenhum, muito pelo contrário, só carinho por esse torcedor que me ajudou muito em todos os momentos e eles estão de parabéns porque ganharam. A gente vai ficando mais velho, mais maduro, cara, não vale a pena ficar com essas picuinhas bobas, quem foi que me tirou…Sou grato a todo mundo, até quem quis a minha saída. Entendo normalmente, futebol é cíclico. Como eu falei antes, saí porque não deu para ficar, não por minha causa. Não deu para ficar, normal. Hoje estou no Galo, muito feliz", afirmou.

Fred, de 32 anos, atuou pelo Fluminense de 2009 a 2016. Pelo clube carioca, o atacante marcou 172 gols em 288 jogos, sendo campeão dos Brasileiros de 2010 e 2012, do Carioca de 2012 e da Primeira Liga de 2016.