Polícia italiana prende brasileiro acusado de ter praticado 18 assaltos

Pedro Miguel Gomez Freitas, de 26 anos, era conhecido como 'Sombra'. Ele admitiu 15 roubos na cidade de Milão

Por O Dia

Milão (Itália) - Um brasileiro de 26 anos foi preso pela polícia da Itália por assaltos a farmácias de Milão, no norte do país. Pedro Miguel Gomez Freitas era conhecido como "Sombra" devido à velocidade com que cometia seus crimes: foram 18 assaltos entre fevereiro e maio deste ano.

Pedro Miguel Gomez Freitas foi preso e admitiu 15 dos 18 assaltos nos quais é investigadoReprodução/TV Corriere

O brasileiro começou a ser investigado quando a polícia percebeu que os crimes cometidos no início de 2016 se assemelhavam a 12 casos registrados em 2012 e pelos quais Freitas já havia sido detido. Beneficiando-se da condição de dependente químico, o brasileiro conseguiu uma permissão para cumprir a pena em regime semiaberto, no qual trabalhava durante o dia e dormia em casa. No entanto, em duas ocasiões, a polícia não o encontrou na residência e pediu a revogação da decisão judicial. "Aprendemos roupas usadas durante os crimes. Havia um par de sapatos fluorescentes. Outra característica era que o brasileiro usava um pano na mão esquerda para esconder uma tatuagem, mas, em alguns crimes, ele esqueceu de cobrir o local e os agentes de polícia puderam confirmar a identidade comparando com fotos publicadas no Facebook", disse o comissário-chefe de Milão, Alessandro Chiesa.

O brasileiro admitiu que cometeu 15 dos 18 crimes investigados, isso porque não há imagens de três. Algumas farmácias foram roubadas seis vezes.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência