Espanha destitui líder da Catalunha e convoca novas eleições

Governo espanhol não aceita declaração de independência da região e aciona artigo que retira autonomia catalã

Por O Dia

Espanha - O chefe de governo espanhol, Mariano Rajoy, anunciou, nesta sexta-feira, destituição do presidente catalão, Carles Puigdemont, e de seu Executivo, bem como a convocação de eleições regionais para 21 de dezembro, diante da declaração de independência do Parlamento dessa região espanhola.

Mariano Rajoy acionou artigo da constituição que retira autonomia da CatalunhaJavier Soriano/AFP

As primeiras medidas para "recuperar a normalidade legal" na Catalunha, segundo Rajoy, foram tomadas depois que o Senado autorizou nesta mesma sexta-feira ao governo espanhol a aplicação do artigo 155 da Constituição, que lhe dá poderes extraordinários para preservar a unidade do país.

Mais cedo, o  Parlamento da Catalunha declarou a independência, uma decisão rechaçada pela comunidade internacional.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência