Declive de população de tubarões danifica recifes, segundo estudo

Pescadores indonésios minguaram consideravelmente quantidade desses animais, de acordo com emissora 'ABC'

Por O Dia

Sydney (Austrália) - Um grupo de cientistas australianos e canadenses encontrou evidências de que o declive da população de tubarões tem um impacto negativo nos recifes, informou nesta quinta-feira a imprensa australiana.

Mark Meekan, do Instituto Australiano de Ciências Marinhas, comandou o estudo realizado em atóis situados a cerca de 300 quilômetros a noroeste da Austrália e onde os pescadores indonésios minguaram consideravelmente o número de tubarões, segundo a emissora "ABC".

Com o desaparecimento dos tubarões, aumentou o número de espécies predadoras pequenas, como os peixes-imperadores e os besugos prateados, que se alimentam, entre outros, de animais cuja função é limpar de algas os recifes e permitir que os corais se regenerem. "Os recifes de coral têm um futuro incerto, mas ainda se pode fazer algo para proteger os tubarões", ressaltou o australiano Meekan, ao recomendar a criação de reservas marinhas.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência