Ex-namorado de Liz Hurley confessa que inventou caso com Bill Clinton

Tom Sizemore disse que estava sob efeito de drogas quando afirmou que Clinton e Hurley tiveram um caso

Por O Dia

Estados Unidos - Tom Sizemore, ex-namorado de Elizabeth Hurley, confessou nesta quinta-feira que inventou a suposta relação da atriz e de Bill Clinton quando ele ainda era presidente, revelada nesta quarta-feira por um site sensacionalista.

Sizemore disse em entrevista ao "HuffPost Live" que tudo é falso e que seguramente inventou a relação do ex-presidente e Liz por conta de sua dependência de drogas no passado.

O famoso site "Radar Online" publicou uma gravação de um áudio sem data na qual Sizemore assegura que Clinton lhe pediu o telefone de Hurley durante a projeção de um filme na Casa Branca em 1998.

A atriz Liz Hurley e o ex-presidente Clinton em foto antigaReprodução Daily Mail

Segundo esse testemunho, Clinton chamou imediatamente Liz e enviou um avião privado para poder vê-la, iniciando assim uma relação que, assegurava, durou um ano.

Sizemore afirma agora que não lembra de ter contado essa história e que Liz nunca se encontrou com Clinton.

"Não nego que disse essas coisas, mas não lembro de tê-las dito. Minha percepção da realidade não era a melhor", assegurou na entrevista.

Sizemore, também ator e que assegura que não usa drogas desde 2009, pediu desculpas a Liz e aos Clinton.

Liz anunciou nesta quarta-feira mesmo que toda a história era falsa e que seus advogados estavam preparando ações legais.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência