Pezão mostra preocupação com recentes ataques às UPPs

No entanto, governador garante que a cidade do Rio está preparada para receber as partidas da Copa do Mundo

Por O Dia

Rio - O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, disse nesta segunda-feira, que os recentes ataques a policiais das unidades de Polícia Pacificadora (UPP) preocupam - na noite de domingo, a UPP da Cidade de Deus foi atacada e o PM Vinícius Salles de Oliveira, de 28 anos. Ele garantiu, no entanto, que o estado está preparado para garantir a segurança da Copa do Mundo, competição que terá sete jogos disputados na cidade do Rio.

Governador Luiz Fernando Pezão participou nesta segunda-feira de um seminário sobre turismoDivulgação

“Tudo preocupa, mas estamos fazendo um grande reforço na segurança pública. A gente sempre fez grandes eventos com tranquilidade e paz. Temos mais de 20 mil policiais reforçando para a Copa do Mundo. Mas a gente não quer segurança pública só para a Copa, a gente quer para sempre e para todas as comunidades”, disse o governador.

Em entrevista durante seminário sobre turismo, na Zona Sul, Pezão disse ainda que está analisando reajustes salariais para diversas categorias de servidores estaduais. “Ainda tenho muito para discutir [com o secretariado] até meados de junho, quando pretendo mandar algumas mensagens [de reajuste] à Assembleia Legislativa. Tem diversas categorias que eu quero mandar reajustes, que têm pleitos justos. Uma delas é a Polícia Civil, como é toda a área de segurança”, disse Pezão.

Últimas de Rio De Janeiro