Gerente de supermercado na Zona Norte é indiciado após ação do Procon

Loja localizada em Coelho Neto foi autuada e 71kg de alimentos impróprios para o consumo, descartados

Por O Dia

Rio - O gerente da filial dos Supermercados Intercontinental localizada em Coelho Neto foi indiciado após uma ação da Operação Trolando o Trolley realizada nesta terça-feira em uma parceria da 40ª DP (Honório Gurgel) e do Procon Estadual, ligado à Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor. O responsável pelo estabelecimento foi levado à delegacia para prestar esclarecimentos e indiciado por crimes previstos no Código de Defesa do Consumidor. A loja foi autuada e foram descartados 71kg e 700g de alimentos vencidos.

Alimento na prateleira estava vencido desde maioDivulgação

Alguns dos produtos descartados, como ameixa e champignon, já estavam na área de vendas, ou seja, sendo oferecidos aos clientes do mercado. O estabelecimento não apresentou os certificados do Corpo de Bombeiros e de potabilidade da água. O primeiro documento deverá ser apresentado em até 48 horas, sob risco de interdição. Já para o certificado de potabilidade da água, o prazo para a apresentação é de 15 dias.

Balanço da Operação Trolando o Troley:

1 - Supermercados Intercontinental (Avenida Pastor Martin Luther king Jr., 10.125, Coelho Neto): Produtos vencidos: 22kg de ameixa, na área de vendas, vencida em maio/2015, 20kg de ameixa, no estoque, vencida em maio/2015, 2kg e 300g de champgnon inteiro, na área de vendas, 9kg e 400g de carne na câmara fria, 8kg de fondant para coberturas, na padaria, e 10kg de mistura para pão de queijo, na padaria. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Os fiscais deram um prazo de 48 horas para a apresentação do documento, sob pena de interdição. Ausência do certificado de potabilidade da água. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para a apresentação do documento.

Últimas de Rio De Janeiro