Adolescente morre após ser baleada em arrastão perto da Linha Amarela

Crime aconteceu na altura de Del Castilho. Jovem estava no banco do carona do carro da família quando foi atingida

Por O Dia

Rio - Uma jovem de 17 anos foi morta no começo da manhã deste sábado, após bandidos fazerem um arrastão para tentar assaltar motoristas em uma via transversal à Linha Amarela, na altura na saída 4, próximo a um supermercado, na altura da saída 4, em Del Castilho, na Zona Norte do Rio. De acordo com o delegado Phelipe Cyrne da Delegacia de Homicídios (DH), a jovem foi atingida por um tiro e não resistiu. 

Jovem Ana Beatriz Frade morreu atingida por um tiro na manhã deste sábadoReprodução Facebook

Ao menos oito criminosos invadiram o local. Ana Beatriz Pereira Frade, estava no carro da família quando foi alvejada. Segundo testemunhas, o padastro da jovem teria furado o bloqueio e os suspeitos atiraram contra o carro onde a menina estava. 

Ana Beatriz, o padrasto e uma criança de 2 anos — que estava no banco traseiro do veículo e não se feriu — seguiam para o Aeroporto do Galeão para fazer uma surpresa para a mãe da vítima, que estava chegando de uma viagem. 

De acordo com a Lamsa, concessionária que administra a via, o padastro da adolescente, desesperado, acessou a Linha Amarela para fugir e pedir socorro. Na via, ele encontrou agentes do Batalhão de Policiamento de Vias Expressas (BPVE) e recebeu ajuda.

Crime aconteceu a 300 metros da Saída 4 da Linha Amarela%2C em Del Castilho Reprodução / TV Globo

Segundo a polícia, uma PM teria visto a ação dos criminosos e fugiu deixando o seu carro na via. Ainda de acordo com a Polícia Militar, dentro do veículo da agente havia a farda e a arma. A policial foi levada para prestar depoimento na 44ª DP (Inhaúma).

Não há informações se os bandidos teriam conseguido assaltar outros motoristas. O patrulhamento está intensificado na região. Os agentes fazem levantamento e buscas para identificar os autores do crime, mas até o momento, ninguém foi preso. 

No perfil da jovem na rede social Facebook, amigos publicaram mensagens e se emocionaram. "Vá em paz", "que Deus conforte a família", escreveram muitos.

Últimas de Rio De Janeiro