Procon Carioca orienta consumidores nas compras da Páscoa

Período da Quaresma alavanca a venda de peixes e ovos de Páscoa. Consumidores devem estar atentos às normas de qualidade dos produtos

Por O Dia

Rio - Com a chegada da Semana Santa, o Procon Carioca fez, nesta quinta-feira, fiscalização de peixes e ovos de Páscoa em supermercados do Rio. Os fiscais verificam se os produtos atendem às normas do Código de Direito do Consumidor.

“Toda informação incorreta ou falsa é considerada propaganda enganosa. Verifique a veracidade das promoções, guardando os materiais de divulgação, como folhetos e encartes”, disse Jorge Braz, presidente do órgão, que orienta consumidores a desconfiar de preços abaixo da média, além de se aterem sobre a veracidade das promoções oferecidas. “Vender outro peixe como se fosse bacalhau configura violação ao Código de Defesa do Consumidor”, completou.

Consumidores devem estar atentos às informações cedidas nas embalagens dos ovos de PáscoaReprodução

O Procon alerta que o consumidor, ao comprar ovos de Páscoa, observe a data de validade do produto assim como suas informações de peso líquido e ingredientes de composição, uma vez que certas doenças como diabetes impedem a ingestão de glúten e açúcar.Por sua vez, os ovos destinados ao público infantil devem trazer o selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) a idade recomendável para o brinquedo.

Em caso de defeito no brinquedo, o cliente deve procurar o estabelecimento de compra e relatar o problema.  Em caso reincidente, o consumidor deve procurar o Procon Carioca ou outro órgão de Defesa do Consumidor

Alta na venda de peixes coloca o consumidor em alerta

Quanto ao consumo de peixes, o Procon Carioca orienta que o consumidor fique atento ao prazo de validade, higiene do local e a armazenamento do pescado. 

As guelras do peixe fresco são brilhantes, vermelhas, claras e sem marcas cinzentas. Os olhos devem ser transparentes, e as escamas presas ao corpo. A carne do peixe fresco e firme e não apresenta cheiro forte ou azedo, o que pode indicar prazo de validade vencido. 

Os peixes congelados devem estar em embalagens fechadas e bem lacradas. A carne não deve apresentar manchas ou pintas. 

A venda de outro peixe como se fosse bacalhau configura violação ao Código de Defesa do Consumidor. Há peixes salgados secos em oferta no mercado brasileiro, tais como o Saithe (Pollachiusvirens), o Ling (Molva molva) e o Zarbo (Brosmius brosme) que são comercializados como peixes 'tipo bacalhau' salgado seco. 

Peças congeladas devem ser pesadas antes de serem embaladas com gelo para que o peso real do peixe seja levado em consideração no preço do produto. 

Últimas de Rio De Janeiro