Informe: Romário declara guerra a Crivella

De cara, senador pôs o vice-presidente estadual da legenda na marca do pênalti: Luiz Orlando Cadorna comanda a Secretaria Municipal de Relações Institucionais e será ‘recomendado’ a entregar o cargo

Por O Dia

Rio - Após assumir a presidência estadual do Podemos (antigo PTN), o senador Romário destituiu o diretório municipal, reviu a relação do partido com a prefeitura e declarou guerra a Marcelo Crivella (PRB). De cara, pôs o vice-presidente estadual da legenda na marca do pênalti: Luiz Orlando Cadorna comanda a Secretaria Municipal de Relações Institucionais e será ‘recomendado’ a entregar o cargo.

“O PTN era governo. O Podemos, que é novo, já nasce na oposição. A decisão é da executiva estadual”, diz Romário. Com a destituição do diretório municipal, que era presidido por Cadorna, Romário acumulou a função interinamente.

Decisão partidária

Romário nega que, em relação ao prefeito, tenha colocado sua posição pessoal acima da partidária, como alega ala do Podemos carioca: “Longe disso. Nós entendemos que a administração do Crivella é muito ruim; longe da expectativa que foi colocada na campanha. ‘Cuidar das pessoas’... ainda embarquei nessa frase como muitos outros cariocas”.

Resposta

Único vereador do partido no Rio, Ramos Filho diz que ala do Podemos entrará na Justiça para contestar a decisão da executiva estadual de destituir o diretório municipal.

Câmara: parada dura

A circunstância é especialmente inoportuna para Crivella, que tentará aprovar o aumento do IPTU em agosto, numa votação pra lá de apertada. Cada voto vale ouro. E Romário já avisou que conversará com Ramos Filho para recomendar pelo voto contrário ao aumento do IPTU. Por ora, o ex-jogador evita falar em sanção.

Família Brazão

Afastado do Tribunal de Contas do Estado por denúncia de corrupção, o conselheiro Domingos Brazão continua influente. Maria Lucia Brazão, sua irmã, foi nomeada dia 6 para atuar como assessora parlamentar no gabinete do deputado Renato Cozzolino (PR).

Resposta

“Não contratei a irmã do Brazão. Contratei a Maria Lucia, que é uma excelente advogada. Já queria que ela trabalhasse comigo há um bom tempo”, disse Cozzolino à coluna.

Recuperação Fiscal

O governador Pezão saiu confiante da reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. As divergências da Secretaria Estadual de Fazenda com o Tesouro Nacional foram praticamente sanadas. E a crise política de Temer não tem atrapalhado as conversas.

Cadê a transparência?

O último contrato publicado pela Prefeitura de Japeri em seu site é de... 2016. Diz que providenciará o reparo ainda esta semana.

Últimas de Rio De Janeiro