Estudante morre e outro fica ferido após serem baleados na saída de universidade

Eles sofreram tentativa de assalto na saída da Universidade de Barra Mansa, na noite desta terça. Caio Cesar Alves Camargo e acabou morrendo

Por O Dia

O universitário Caio Cesar Alves Camargo%2C 23 anos%2C foi baleado numa tentativa de assalto na porta da Universidade de Barra Mansa. Ele acabou morrendoReprodução

Rio - Dois universitários acabaram baleados em uma tentativa de assalto após saírem da Universidade de Barra Mansa (UBM), na cidade do Sul Fluminense, na noite desta terça-feira.  Caio Cesar Alves Camargo , de 23 anos, chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo na unidade de saúde. 

O outro baleado, identificado como Breno Caneda, de 19 anos, está internado na Santa Casa de Barra Mansa. Ambos são estudantes do quarto período de Psicologia da instituição de ensino. Não há informações sobre o seu estado de saúde. Segundo a polícia, Caio e Breno foram abordados por criminosos que estavam dentro de um carro, um Gol cinza, e teriam tentado levado os celulares deles. Uma terceira vítima foi roubada e teve o aparelho roubado.

De acordo com a 90ªDP (Barra Mansa), imagens de câmeras estão sendo analisadas para identificar os criminosos. O caso foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte). A terceira vítima roubada compareceu na delegacia e disse que foi roubada no mesmo momento que os dois universitários baleados.

Um funcionário que não quis se identificar disse que os roubos são frequentes no entorno da faculdade.

Carro em que os bandidos estavam%2C segundo a políciaWhatsApp O DIA (98762-8248)

Em nota, a Universidade de Barra Mansa (UBM) decretou luto oficial após a morte do estudante Caio Cesar, que terá o corpo velado no salão nobre da instituição na tarde desta quarta-feira. As aulas serão retomadas após o feriado, na sexta-feira. Confira o documento na íntegra: 

"O UBM – Centro Universitário de Barra Mansa –, diante da tragédia ocorrida na noite de ontem (31) nas proximidades da Instituição, vem a público expressar o seu profundo pesar com a morte do universitário do curso de Psicologia, Caio César Alves Camargo, de 23 anos, e ferimento do também estudante do mesmo curso, Breno Pinheiro Caneda, de 19 anos.

Mesmo que a tentativa de assalto tenha ocorrido fora das dependências do UBM e por se tratar de um caso de segurança pública, ressaltamos que, na manhã desta quarta-feira (1º), nos reunimos, juntamente com o DCE (Diretório Central dos Estudantes) e com o prefeito de Barra Mansa e demais representantes do poder público com objetivo de, mais uma vez, buscar medidas urgentes para a situação de violência que vem afetando a cidade. O UBM aguarda a confirmação de audiência pública com o Governo do Estado já solicitada. 

Manifestamos nossa solidariedade e apoio aos alunos envolvidos, às suas famílias, aos nossos alunos, colaboradores e a toda a comunidade. Reiteramos nosso compromisso para a efetivação urgente das medidas necessárias para o restabelecimento do clima de segurança nas proximidades de nosso campus.

A instituição comunica que foi decretado Luto Acadêmico e as aulas estão suspensas até o dia 3 de novembro. Destacamos ainda que damos total apoio à manifestação dos alunos marcada para a noite de hoje. A instituição estará aberta aos alunos e demais membros da comunidade que desejem participar e ainda convida professores e funcionários para se unirem ao movimento."

Últimas de Rio De Janeiro