Atletas passam perrengue com condições desumanas de reality show

'Exathlon Brasil', da Band, já teve uma baixa. Pedro Scooby se machucou. Giba desistiu do reality.

Por O Dia

Quem assiste ao 'Exathlon Brasil', na Band, não imagina o que os participantes passam no reality. O contrato feito no Brasil pouco vale. No registro, constava que os participantes não passariam fome. A comida seria escassa, mas o suficiente para mantê-los satisfeitos. O que não aconteceu. No primeiro dia, a produção liberou apenas uma colher de arroz. Quem estivesse com fome que procurasse coco para comer e água de coco para beber. Quarenta e cinco pessoas da equipe pegaram verme e tiveram que passar seis dias tomando soro na veia. A enfermeira pegava a luva e fazia de torniquete, amarrando no braço dos doentes. Outra questão foi quanto ao protetor solar, que estava previsto em contrato. Os participantes pediram, mas demorou dias para chegar.

Pedro ScoobyWanderson Monteiro / Divulgação

O surfista Pedro Scooby cortou a cabeça no coral, mas no reality não passou que ele ficou 20 minutos esperando, sangrando, porque precisava de uma equipe de TV para fazer as imagens. Os participantes foram confinados em uma praia repleta de seguranças. Ao saírem para caminhar, os concorrentes encontraram um resort. Mas o segurança do resort não deixou que eles entrassem.

Há quem diga que o Exathlon não tem nada de reality: tudo é manipulado. Inclusive as reações dos participantes. 'Faz cara de triste' ou 'sorria' são ordens dadas pela produção aos concorrentes. Giba acaba de desistir do programa. Tem gente apostando que Pedro Scooby vai ser o próximo a deixar a atração.

GibaGlobo Esporte MS