Problemas para Rueda no Fla

Técnico sofre com lesões e desfalques no maior período de treinos desde que chegou

Por O Dia

Reinaldo Rueda começou o seu maior período de treinos desde que chegou ao Flamengo cheio de problemas. Vinicius Júnior, com leve torção no joelho direito, sofrida após pancada na derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta, e Réver, com problema muscular na coxa direita, iniciaram tratamento. O treinador já não contava com os convocados Guerrero, Trauco, Cuéllar e Diego, este cortado, depois de se apresentar a Tite com dor na coxa esquerda.

Everton, por sua vez, faz trabalho de transição, depois de ter ficado no departamento médico com uma contusão na panturrilha esquerda. O treinador colombiano segue em busca de soluções para as dificuldades do time, do conhecimento maior do elenco e do restabelecimento do equilíbrio emocional, abalado depois da perda do título da Copa do Brasil, nos pênaltis, para o Cruzeiro.

Guerrero e Trauco, pela seleção peruana, enfrentam, terça-feira, a Colômbia de Cuéllar, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia-2018. Os três devem chegar ao Rio apenas na quarta-feira, véspera do Fla-Flu. Com isso, Rueda fará testes durante a semana, já que não sabe se poderá contar com o trio no Fla-Flu.

A participação de Diego, hoje, parece improvável. Com isso, Rueda periga retomar o período de jogos com muitos desfalques. Se Réver não puder atuar, Rhodolfo deve ser o escolhido. Já se os convocados não tiverem condição de jogar, Márcio Araújo e Rômulo brigam pela vaga de Cuéllar, assim como Paquetá e Vizeu pela de Guerrero. Renê deve substituir Trauco.

Comentários

Últimas de Esporte