Um gol (contra) salvador

Erro de Jonathan garante vitória sobre o Atlético-GO e sonho do Vasco com a Liberta

Por O Dia

Em sua caminhada rumo à Libertadores, o Vasco, invicto há cinco rodadas, bateu o Atlético-GO, por 1 a 0, ontem, no Serra Dourada, e conseguiu uma até então inédita terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro. O triunfo, obtido graças a um gol contra de Jonathan, mantém o time de Zé Ricardo em oitavo lugar na tabela, a um ponto do Flamengo, que fecha o G-7.

O Vasco partiu para cima no início do jogo, mas de forma atabalhoada, com erros de passe. Já o Atlético-GO pouco ia à frente. Aos 13 minutos, Pikachu recebeu bom lançamento de Ramon e tabelou com Nenê, mas chutou fraco. Os donos da casa só deram o troco aos 19, em finalização de Luiz Fernando que Martín Silva espalmou.

O lance empolgou o time goiano, que se aventurou mais na busca pelo gol, mas de forma não muito organizada. O jogo corria monótono quando, aos 29, Jonathan, de forma bizarra, marcou gol contra. Andrés Ríos fez cruzamento despretensioso, o lateral do Atlético-GO vacilou e mandou a bola para a rede. Com a vantagem, o Vasco se recompôs na defesa, sem muito trabalho. Aos 40, Mateus Vital ainda foi travado por Jonathan na pequena área.

O ritmo não mudou no segundo tempo. Mais na base da transpiração do que da inspiração, as duas equipes até lutaram, sem empolgar. O Atlético-GO criou boas chances, com Andrigo, aos 3, e Niltinho, aos 6 minutos, mas Martín Silva fez boas defesas. Assustado, o Vasco jogou no contra-ataque, sem criar chances claras de gol.

Também sem poder de finalização, o Atlético-GO ficou com um homem a menos, depois que Niltinho fez falta dura em Madson, aos 36, e foi expulso. Com dez jogadores, o lanterna do Brasileiro facilitou a tarefa do Vasco, que garantiu a vitória e manteve vivo o sonho de voltar à Libertadores.

Comentários

Últimas de Esporte