LUTADOR É PRESO POR FRAUDE

Por O Dia

O sul-coreano Tae Hyun Bang, ex-lutador do UFC, foi condenado a dez meses de prisão por seu envolvimento em uma esquema de manipulação de resultados. Bang teria recebido 100 milhões de wons (R$ 298 mil) para perder a luta contra o americano Leo Kuntz, no UFC Coreia do Sul, em 2015.

Comentários

Últimas de Esporte