TV REINA ABSOLUTA, MAS SEM DESRESPEITAR O NOVO

Por O Dia

Nas mais diversas andanças motivadas pelo lançamento da 'Biografia da Televisão Brasileira' está sendo possível notar como a TV se tornou importante na vida das pessoas, por mais diferentes que sejam. O nível de informação sobre tudo o que acontece é dos mais elevados, e como alguém ou algo que se quer muito bem, há também a preocupação do que será ou poderá acontecer com ela no futuro: se conservará seu status de indispensável na vida das pessoas ou acabará se curvando ao crescimento das novas mídias.

Respostas que, evidentemente, ninguém tem, mas que os indicativos em jogo nos empurram para algumas certezas. Pesquisas divulgadas recentemente demonstraram que a TV, em especial a TV aberta nos últimos tempos, nunca foi tão assistida como neste ano que termina. E, por outra: ainda é, entre as várias disponíveis, a única opção gratuita na vida de qualquer um, como fatores que revelam a sua condição de imprescindibilidade em relação até mesmo aos próximos anos. Com um controle remoto nas mãos, o telespectador chega aonde quiser.

O que a televisão não pode, em tempo nenhum, é não considerar ou deixar de se ajustar ao que está surgindo de novo.

Comentários

Últimas de Diversão