São Paulo quer Scarpa, e Flu tem Palmeiras como opção

Clube do Morumbi faz primeira oferta, que não agrada, e cariocas consultam o Verdão

Por O Dia

Gustavo Scarpa é um dos nomes que o Fluminense pretende negociar para fazer caixa e reforçar o elenco
Gustavo Scarpa é um dos nomes que o Fluminense pretende negociar para fazer caixa e reforçar o elenco - MAILSON SANTANA/FLUMINENSE

O interesse do São Paulo por Gustavo Scarpa virou realidade, mas a primeira proposta não agradou ao Fluminense, que a recusou. Os paulistas pretendem fazer nova oferta, só que o Palmeiras também pode entrar na disputa.

O São Paulo propôs três milhões de euros (R$ 12 milhões) e três jogadores: o lateral-direito Buffarini, o lateral-esquerdo Junior Tavares e o meia Lucas Fernandes. Mas o valor foi considerado baixo e os nomes não agradaram.

Em busca de atletas mais cascudos para dar experiência ao elenco, o Fluminense receberia dois jovens (Lucas Fernandes tem 20 anos e Junior Tavares, 21), além de um valor baixo por um dos principais jogadores. No início da temporada, uma proposta do Palmeiras de R$ 20 milhões por Scarpa foi recusada.

Só que agora o próprio Tricolor voltou a entrar em contato com os dirigentes do Palmeiras. Em busca de reforços, o Fluminense consultou a possibilidade de empréstimo de alguns jogadores, de acordo com informação do site Globoesporte.com, e Gustavo Scarpa pode ser envolvido na negociação.

As conversas estão no início e o Palmeiras definirá com o técnico Roger jogadores fora dos planos que poderiam ser envolvidos no empréstimo, assim como a possibilidade de contratar Scarpa, já que trouxe Lucas Lima e ainda tem Guerra e Moisés.

MAIS SAÍDAS

Além de Lucas, Renato, Pierre e Orejuela (que será emprestado à LDU), mais jogadores não fazem parte dos planos para 2018. Titulares em alguns momentos da temporada, Peu e Nogueira serão emprestados a clubes da Série B. O atacante jogará pelo Paysandu e o zagueiro, pelo Figueirense. Faltam detalhes entre as partes para o acerto.

Galeria de Fotos

Gustavo Scarpa é um dos nomes que o Fluminense pretende negociar para fazer caixa e reforçar o elenco MAILSON SANTANA/FLUMINENSE
O trem é a segunda etapa que Adrielle Vieira precisa enfrentar. Todos os dias, ela pega três conduções, de Nova Iguaçu até a Urca, onde estuda FOTOS Divulgação

Comentários

Últimas de Esporte