Moradores de rua de Madureira ganham banquete

Organizadores da parada gay no bairro oferecem ceia natalina para 300 pessoas que também recebem material de higiene pessoal

Por LEANDRO EIRÓ

A ceia teve arroz de forno,  farofa, pernil, bolo e muito mais
A ceia teve arroz de forno, farofa, pernil, bolo e muito mais -

Cerca de 300 moradores de rua da região de Madureira e adjacências ganharam, ontem, um banquete completo graças ao 10º Natal Sem Fome, campanha promovida pelo Grupo MGTT (movimento de gays, travestis e transformistas de Madureira), responsável pela coordenação da parada gay do bairro. No cardápio, pernil, carne assada, arroz branco e de forno, diversos tipos de farofas, macarronada, pudim e tortas variadas. Para beber, água e refrigerante. Um bolo especial, de um metro e meio, comemorou os 10 anos da ação.

"Agradeço muito por ter essa chance de fazer uma alimentação completa. É tão bom saber que tem gente que se preocupa com a gente", contou um morador de rua, que pediu para não se identificar.

Além da refeição, os moradores de rua também receberam produtos de higiene pessoal. Foram distribuídos 500 sabonetes, 500 tubos de pastas de dente e 380 escovas de dente. "Estava precisando disto. Agora vou poder fazer melhor minha higiene e me manter limpo", disse outro morador.

Para a presidente do Grupo MGTT, Loren Alexandre, a causa LGBT também deve apoiar as demais questões sociais. "É muito gratificante, estamos aqui para ajudar ao próximo. São pessoas que moram na rua, mas têm educação, carinho, e isso me surpreendeu. Comeram, pegaram os itens de higiene e agradeceram", declarou.

Há pelo menos 22 anos, o MGTT promove ações sociais para a causa LGBT em Madureira. Os eventos acontecem principalmente na rua Almeirinda Freitas, núcleo do público gay local. Agora a entidade trabalha para tentar rebatizar seu nome para 'Rua da Diversidade'.

Galeria de Fotos

Consumidores vão encontrar promoções de roupas e acessórios Divulgação
A ceia teve arroz de forno, farofa, pernil, bolo e muito mais Alexandre Brum

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro