Ferj vai combater organizadas

Por O Dia

Diante dos recentes episódios de violência, a Ferj promoveu uma reunião com representantes dos grandes clubes do Rio para discutir a segurança nos estádios em 2018 e deu um ultimato: todos devem romper totalmente com as torcidas organizadas.

"Foi um compromisso de todos os grandes, Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo. Não tem ingresso, não tem ônibus, não pode ter subsídio nenhum. Não vamos tolerar isso", disse Rubens Lopens, presidente da Ferj.

Além disso, a entidade ainda levantou a possibilidade de punir os clubes com perda de pontos em casos de brigas de torcida, mas encontrou resistência por parte dos dirigentes.

Comentários

Últimas de Esporte