Fique atento aos cuidados com os cães

Por O Dia

Para entrar na folia com os pets não basta disposição e fantasia. No bloco da fofura é preciso tomar alguns cuidados com os cães. O alerta é da veterinária e membro do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio (CRMV-RJ), Márcia Andréa de Oliveira Souza.

"Nem todos os cães podem pular Carnaval. Depende da sua sociabilidade", explicou. A segurança do animal é outro fator destacado por Márcia. A veterinária conta que, de um modo geral, cães têm medo de barulhos e muita agitação. "Eles costumam se sentir acuados e estressados, mas podem interagir com o ambiente desde que se sintam seguros", completou.

E como a folia acontece na estação mais quente do ano, é preciso ter cautela com o calor. Os cães não suam e não podem regular a temperatura do corpo tão rápido, o que pode causar problemas. "E isso pode ser fatal. Então, hidrate bastante o animal dando água antes, durante e após a folia", alertou Márcia.

A veterinária também recomenda que sejam usadas fantasias frescas e confortáveis. "Cães têm personalidade, cada pet é único. Se seu cachorro gosta de vestir roupinhas, use algo fresco e confortável e aproveitem a folia".

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro