Boto cor-de-rosa é usado para interagir com Tocha Olímpica e revolta internautas

Exibição do animal que estava em seu habitat aconteceu no mesmo dia em que onça foi morta

Por O Dia

Amazonas - Após a polêmica envolvendo a morte de uma onça pintada depois de ser exibida durante cerimônia da Tocha Olímpica, na semana passada, foi a vez de um boto cor-de-rosa fazer parte do espetáculo na Amazonas. A interação, que aconteceu na segunda-feira antes do mamífero ser morto, não foi bem recebida pelos internautas que criticaram o uso de animais nesses eventos. 

O pescador Davi Souza, de 48 anos, nadou com os botos e conduziu a tocha no rio. Ele montou o primeiro flutuante (casa flutuante) de ecoturismo da região, o projeto Amigos do Boto, onde crianças com deficiência podem interagir com os animais uma vez por mês.

Boto cor-de-rosa foi usado para interagir com a Tocha OlímpicaReprodução Internet


Como justificativa, o Comitê Olímpico Rio-2016 informou que o animal não foi retirado de seu habitat e garantiu que nehum animal silvestre voltará a ser utilizado em cerimônias. "Erramos ao permitir que a tocha Olímpica, símbolo da paz e da união entre os povos, fosse exibida ao lado de um animal selvagem acorrentado. Essa cena contraria nossas crenças e valores. Estamos muito tristes com o desfecho que se deu após a passagem da tocha. Garantimos que não veremos mais situações assim nos Jogos Rio 2016"

Últimas de Brasil