Acusado de abusar de três enteadas é condenado a quase 95 anos de prisão

Crianças eram abusadas há quatro anos, segundo a polícia

Por O Dia

São Paulo - Foi condenado a quase 95 anos de prisão, pela Justiça, um homem acusado de abusar sexualmente de três enteadas em Itatiba, em São Paulo. O crime foi denunciado à Polícia Civil em janeiro deste ano por uma das vítimas, uma adolescente de 14 anos, com a ajuda de um pastor. De acordo com a menor, Alexandre Rodrigues Cassino, de 32 anos, estuprava ela e as irmãs, de 7 e 12 anos, na ausência da mãe.

Alexandre Rodrigues Cassino%2C de 32 anos%2C foi condenado a mais de 94 anos de prisãoPolícia Civil/Divulgação

À polícia as três menores contaram que estavam sofrendo abusos sexuais há mais de quatro anos e eram ameaçadas pelo padrasto. Após as denúncias, o acusado foi preso. Ele não poderá recorrer ao processo em liberdade. 

A mãe das vítimas foi chamada na época para prestar depoimento e negou saber dos abusos. O homem, que já tem várias passagens pela polícia, foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, no interior paulista. O caso está em segredo de Justiça.

Últimas de Brasil