Temer promete 'absoluta tranquilidade' durante Rio 2016 e elogia Forças Armadas

Presidente interino elogiou o trabalho dos militares e disse que eles serão um dos responsáveis por 'projetar o Brasil ao mundo' por meio do esporte

Por O Dia

Brasília - A dois dias da abertura oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o presidente interino Michel Temer voltou a dizer hoje que as competições ocorrerão em “absoluta tranquilidade” com relação à segurança. Ao discursar em cerimônia com a presença dos mais altos postos do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, Temer elogiou o trabalho dos militares e disse que eles serão um dos responsáveis por “projetar o Brasil ao mundo” por meio do esporte.

“Agora nas Olimpíadas nós já começamos a receber delegações de turistas de todo o mundo. É uma tranquilidade, digo aos senhores sem medo de errar, contar com o concurso das Forças Armadas para a segurança das competições e das atividades à sua volta”, disse o presidente interino após apresentação de oficiais-generais promovidos no Palácio do Planalto.

Presidente interino Michel Temer e a primeira-dama%2C Marcela Temer%2C durante solenidade de apresentação de oficiais-generais recém-promovidos Marcos Corrêa / PR

Após o evento, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que, nos próximos dias, as ameaças de atentados deixarão de ser o foco das ações de segurança da Olimpíada.

“É sempre assim nos grandes eventos. Nós começamos [com atenções voltadas ao] polo da segurança, do terrorismo. Hoje, com a chegada dos atletas, o início das primeiras competições, e a segurança e a tranquilidade que o Rio de Janeiro hoje tem, não tenha dúvida que vamos passar para o anonimato e lá cuidaremos da segurança e da defesa dos Jogos”, disse.

Prioridade para o crescimento

Durante o discurso aos militares, Temer disse ser “natural” no atual momento do país que “processos estratégicos das Forças Armadas sofram alterações” devido à prioridade que tem sido dada à retomada do crescimento. Ele acrescentou, no entanto, que são “projetos de longa duração” e garantiu que “não terão descontinuidade”, sem citar quais. 

Além de enaltecer o papel dos militares em trabalhos desenvolvidos nas fronteiras brasileiras e em missões internacionais de paz, Michel Temer citou o lema do governo federal, “Ordem e Progresso”, para dizer que é com “hierarquia e disciplina que vem progresso”.

A esposa do presidente interino, Marcela Temer, participou pela primeira vez de um evento público no Palácio do Planalto desde que o Temer assumiu temporariamente a Presidência da República.

Últimas de Brasil