Esplanada: Mais de 250 políticos estariam envolvidos em esquema da Odebrechet

Cruzamento das delações de integrantes da construtora revela megaesquema de corrupção

Por O Dia

Brasília - Novos cálculos obtidos a partir do cruzamento das delações de integrantes da construtora Odebrechet e das planilhas de propina da empreiteira revelam, até aqui, um saldo assustador e bombástico: cerca de 40 senadores, 200 deputados e 16 governadores estariam envolvidos no megaesquema de corrupção comandado pela empresa.

Antenado

O deputado José Priante (PMDB-PA) vai controlar a TV Câmara, que na Era Eduardo Cunha ficou sob domínio de Cléber Verde (PRB-MA).

Hermanos

Movimentos sociais alinhados ao PT e a Dilma Rousseff contarão com reforço de caravanas venezuelanas nos protestos do dia do impeachment.

Las caravanas

Os chavistas pretendem se concentrar em frente ao Itamaraty, cujo chefe, José Serra, rechaçou mais de uma vez a possibilidade de a Venezuela comandar o Mercosul.

Lábios de fel – parte 2

A Justiça começa a esboçar as investigações sobre a suposta tentativa de estupro e agressão do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) contra Patrícia Lélis, denunciado por ela. A Procuradoria Geral da República pedirá a abertura de inquérito ao STF e a Polícia Federal entrará no caso. Patrícia perdeu um álibi importante: a Polícia Legislativa da Câmara (DEPOL) informou à Coluna que não há mais imagens do dia 15 de junho do hall e do elevador do bloco onde reside Feliciano em Brasília.

Sinal entrega

Os advogados de Patrícia vão pedir quebra do sigilo telefônico dela e do deputado. Pelo sinal dos aparelhos, a PF pode saber se ambos se encontraram, o que ela confirma. Segundo a DEPOL, as imagens do circuito de TV do prédio se apagam automaticamente após 22 dias – o crime teria ocorrido dia 15 de junho.

Passaram ‘recibos’

A defesa da garota tem os prints das trocas de mensagens pelo telefone de Feliciano, que serão periciados, e o áudio com o chefe de gabinete, que pede que ela esqueça tudo.

Atrás de redenção

O deputado Pr. Feliciano já tem pronto o discurso que fará na tribuna da Câmara para se defender da acusação. Acredite. Em parte do texto, culpa armação da esquerda. Detalhe. A jovem que o acusa é de perfil de direita e era da Juventude do PSC.

Fora do eixo

A violência não está restrita aos grandes centros, como Rio e São Paulo. Em Sergipe, um dos menores Estados, a onda de violência tirou a tranquilidade dos moradores e as instituições querem medidas urgentes dos responsáveis pela segurança. O presidente da OAB local, Henri Clay Andrade, cobrou posição da Secretaria de Segurança.

Violência banal

Três exemplos recentes da violência em Aracaju: um trocador de ônibus foi assassinado porque demorou a entregar o dinheiro do caixa; um delegado de polícia foi morto a tiros na porta de casa e um advogado foi alvejado dentro do carro após sair do seu escritório

Vai passar, mas..

A legalização dos jogos travou no Senado. Há chances de ser aprovada, mas seus defensores racharam. Parte quer o controle da Caixa, a outra exige uma agência reguladora. E gira a roleta!

Aval do TCU

O presidente Michel Temer conta com aliado de peso quando o assunto é privatização. Nos últimos despachos e decisões, ministros do TCU têm recomendado vendas de controle acionário “para o saneamento financeiro” das estatais.

Ponto Final

“É sempre desagradável só vir aqui para ter de desmentir as fofocas que irresponsáveis publicam”

De Eduardo Cunha (PMDB-RJ), novamente alegando que “a culpa é da imprensa”.

Últimas de Brasil