Mulher é assassinada por marido e suspeito deixa recado: 'matei, traição'

Vítima foi morta com golpes na cabeça após suposto relacionamento extra-conjugal. Acusado está foragido

Por O Dia

São Paulo -  Um homem assassinou a própria esposa, com uma barra de ferro, após suspeitar que estava sendo traído por ela em Praia Grande, no litoral paulista. O crime aconteceu na manhã da última quarta-feira. Vizinhos contaram à polícia que após ter matado a mulher, com golpes na cabeça, o acusado escreveu no chão que havia sido traído.

Maria da Conceição foi morta pelo marido dentro de sua própria casaReprodução/Facebook

Identificado como Vladimir Barros da Silva, também conhecido como ‘Nino’, o homem teria agredido Maria da Conceição dentro da casa onde eles moravam antes de terem se separado informalmente. Após assassinar a mulher com golpes na cabeça, ele escreveu duas palavras no chão da casa: ‘Matei’ e ‘Traição’. O casal estava junto há cerca de 35 anos e de acordo com vizinhos, as brigas entre os dois eram constantes.

Vladimir Barros da Silva é o principal acusado da morte da mulher Reprodução/Facebook

Após o homicídio, o suspeito fugiu do local de bicicleta. A Polícia Militar foi acionada e de acordo com a Polícia Civil, um boletim de ocorrência sobre o caso foi registrado. Até agora o acusado não foi preso.

Últimas de Brasil