Homem morre atropelado após ser assaltado e feito refém

Polícia investiga causas do atropelamento

Por O Dia

São Paulo - Um casal foi assaltado e o homem feito refém no assalto a um carro na Zona Norte de São Paulo na noite desta quarta-feira. Pouco tempo depois, a vítima acabou morrendo após ser atropelada.

Vítima saía de posto com a mulher quando carro foi alvo de bandidosReprodução TV Globo

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, o assalto ao veículo, da marca Land Rover, aconteceu na avenida Coronel Sezefredo Fagundes, próximo ao Parque da Cantareira, no sentido para a rodovia Fernão Dias.

Um carro cinza da marca Fiat teria batido na traseira do veículo da vítima para simular um acidente, prática comum de assaltantes no trânsito. No momento em que o dono do veículo, o empresário Silvio Luis Toledo Leite, de 48 anos, desceu para verificar a batida, foi avisado sobre o assalto.

Leite foi feito refém pelos bandidos, e já na rodovia Fernão Dias, na altura da cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo, acabou sendo atropelado após sair do carro, por volta das 22h. A polícia ainda está investigando as circunstâncias do atropelamento.

Conforme noticiou a rádio CBN, Leite era empresário e voltava para Pouso Alegre, no sul de Minas Gerais. Ele estava acompanhado da mulher.

Últimas de Brasil