Relator conclui voto em recurso de Lula contra condenação de Moro

Caso 'tríplex' ainda segue sem data de julgamento

Por O Dia

Brasília - O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da ação penal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), elaborou relatório e voto e encaminhou o processo para análise do revisor na sexta-feira. O caso se refere ao apartamento tríplex no Guarujá (SP) e não há previsão de data para o julgamento.

Lula foi condenado a 9 anos de prisão pelo juiz Sérgio MoroFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-presidente foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a 9 anos e 6 meses por corrupção e lavagem de dinheiro em 1ª instância. O TRF-4 é o tribunal de apelação.

Segundo a Corte Federal, o revisor fará o mesmo trabalho: analisará todo processo para elaborar seu voto. Após esta etapa, o revisor passará o processo para o terceiro magistrado da oitava turma, que também analisará todo o processo. É o revisor que marca dia do julgamento. Os votos só serão conhecidos no dia do julgamento.

Últimas de Brasil