Sob chuva, One Direction empolga fãs em show em São Paulo

Mais de 60 mil pessoas acompanharam o primeiro show do 1D em São Paulo. 'É o maior público da história da banda', disse Liam Payne

Por O Dia

São Paulo - Bandeiras, gritos histéricos e coro. O Estádio do Morumbi, em São Paulo, já está acostumado a essa situação, principalmente nos dias de jogo. Mas em vez de uma torcida de marmanjos, quem fez todo o estardalhaço foram dezenas de milhares de adolescentes que foram ao estádio para testemunhar o primeiro show do One Direction na capital paulista, neste sábado. Assim como um torcedor não esquece a experiência de ver seu time sendo campeão, essas fãs jamais esquecerão o show desta noite.

O One Direction se apresentou em São Paulo neste sábadoDivulgação T4F

Os britânicos subiram ao palco pouco mais de uma hora depois dos cariocas do P9, que fizeram o show de abertura. Assim que Harry, Louis, Niall, Zayn e Liam entraram, o Morumbi foi completamente tomado por uma histeria que já estava no ar desde que os portões do estádio foram abertos. Nem a chuva e o frio diminuíram o ânimo do público, que cantou e dançou em cada uma das músicas.

Logo de cara o quinteto já mandou a explosiva “Midnight Memories” e transformou a apresentação em uma grande festa. Ao longo da noite, os britânicos foram se soltando e no final já nem conseguiam disfarçar que eles estavam se divertindo tanto quanto as fãs.

O Morumbi estava lotado para o show do One Direction neste sábadoDivulgação T4F

As fãs, por sinal, fizeram um show à parte. Durante meses elas bolaram surpresas para chamar a atenção dos meninos. Levantaram cartazes, balões nas cores verde e amarela, fizeram coro. O plano parece ter funcionado. “Vocês são a plateia mais barulhenta que já vi”, disse Louis Tomlinson, para o delírio das “directioners”.

Mas o verdadeiro espetáculo estava em cima do grandioso palco que acompanha o 1D durante toda a turnê. Sem passos ensaiados e coreografias manjadas, os cantores fazem o que dá na telha deles. Se no Rio Harry Styles abaixou as calças para mostrar uma tatuagem em homenagem ao Brasil, em SP ele manteve as roupas no corpo, mas dançou, pulou e até tocou um pandeiro vindo da plateia.

No Brasil desde a última quarta-feira, os britânicos não esconderam o encanto pelo país. “Acho que o Brasil é o meu lugar favorito no mundo todo”, disse Liam Payne, para delírio das fãs. Niall Horan também declarou seu amor ao Brasil usando uma camiseta da Seleção no final do show e correndo pela passarela balançando uma bandeira verde e amarela.

O One Direction se apresentou em São Paulo neste sábadoDivulgação T4F

Não é só com a música que o One Direction agrada. Os garotos interagem com os fãs – cada um fala com o público pelo menos uma vez durante o show – e até respondem perguntas deles. Em determinado momento, a música para e os telões começam a mostrar mensagens de fãs em vídeo. Em uma delas, eles foram desafiados a montar uma pirâmide humana (e cumpriram o desafio). Em outra, o fã era Pelé. “Eu amo música, sei tocar guitarra e um dia nós iremos tocar juntos”, prometeu o rei do futebol.

O setlist do show dá prioridade às faixas de “Midnight Memories”, o álbum mais recente dos ingleses, e mescla músicas animadas e baladinhas. Nas dançantes, o público saiu do chão, já nas mais lentas, algumas fãs literalmente iam ao chão. Não era difícil ver adolescentes agachadas e ajoelhadas cantando os versos com a voz embargada e os olhos marejados em músicas como “Little Things”, “You & I” e “Story of My Life”

Assim como o público brasileiro, o One Direction também não vai esquecer a passagem por São Paulo. “É o maior público da história da banda, isso é incrível”, disse Liam Payne. “Ainda não acredito no tamanho deste lugar”, admitiu um admirado Niall Horan. Ele e Zayn Malik eram os mais adorados pelas fãs. A toda hora em que um dos dois aparecia no telão, os gritos histéricos dobravam o volume.

Uma chuva de fogos de artifício ao som de “Best Song Ever” foi o encerramento perfeito para uma noite que as “directioners” reviverão em suas mentes muitas e muitas vezes. E o maior mérito delas é não ter feito o show em São Paulo ser só mais um da turnê. “É o melhor show do One Direction em muito tempo”, disse Niall Horan, que também vai lembrar desta noite por muito tempo.

Com informações de Caio Menezes

Últimas de Diversão