Pearls Negras inspiram-se no som e no estilo de divas pop

Trio feminino do Vidigal é comparado a grupos famosos como Destiny's Child

Por O Dia

Mariana%3A blusa e short Fill Sete%2C polaina ecoModa e escarpim Velleno%3B Jennifer%3A blusa e cinto ecoModa e escarpim My Choice%3B Alice veste body e short-saia My ChoiceMaíra Coelho / Agência O Dia

Rio - Elas foram estrelas da campanha de Dia dos Namorados da C&A na TV. Em um ranking do site norte-americano ‘BuzzFeed’ — que aponta as artistas que o público deve amar agora —, o trio está em primeiro lugar.

São comparadas rotineiramente a grupos famosos como Destiny’s Child (que revelou Beyoncé) e TLC. Ainda não são cantoras internacionais, mas em agosto farão a primeira turnê fora do país, passando por Inglaterra, França e Espanha. Enquanto o grande dia não chega, as Pearls Negras aproveitam para ensaiar e, claro, estudar. Ainda são adolescentes.

Nascidas e criadas no Vidigal, Alice Coelho, de 18 anos, Jennifer Loiola e Mariana Alves, ambas com 17, viram suas vidas começar a mudar em 2009, quando se conheceram em um curso de teatro na ONG Nós do Morro. “A Jeckie (Black, empresária do grupo) nos chamou para fazer uma aula de rima, depois resolvemos formar um grupo”, conta Alice.

“Temos cinco anos de rap e o reconhecimento é difícil, tem gente que acha que surgimos agora, mas não. Ensaiamos todos os dias e sempre focamos no futuro, sabíamos que o sucesso viria”, complementa Mariana.

O reconhecimento não é motivo para negligenciarem os estudos. Alice está no 3º ano do Ensino Médio, Mariana, no 2º, e Jennifer, no 9º ano do Ensino Fundamental. “A escola está em primeiro lugar. Dividimos o tempo com viagens e ensaios, mas estudamos de madrugada, não deixamos de lado, não”, garante Alice.

Quando estão de folga, o lugar favorito é o baile da Febarj, na Lapa. “Todo mundo conhece nossas músicas lá e somos tratadas como estrelas. Além dos caras serem lindos”, suspira Mariana.

Cada uma tem um estilo definido, mas todas se inspiram em divas internacionais na hora de se vestir e cantar. “Tem a Nicki Minaj, Ciara, Beyoncé. Adoramos cor, roupas justas e brilhosas”, destaca Alice, que é responsável por mostrar ao grupo referências de estilo. “Ela sempre traz uma foto com uma roupa bacana, um cabelo legal”, entrega Mariana.

A Copa é um motivo a mais para as meninas capricharem no visual. Até porque, como Mariana explica, tem muitos ‘bofes-magia’ (homens bonitos) por aí: “É difícil encontrar roupas que nos agradem, mas adoramos a Labellamafia e a Zara. Nos pés, sempre usamos um Adidas”, diz Mariana. Não é só nas roupas que a Copa inspira: elas já elegeram o maior ‘bofe-magia’ da Seleção. “Com certeza, é o Hulk”, diz Jennifer, sem pestanejar. Ela faz questão de contar o ritual nos dias de jogos: “Assisto com a minha família, fazemos um churrasco em casa. Ou vou para a casa da Alice fofocar.” Mariana aprova: “Nos dias de Copa, nem comemos direito, esperando o pai da Alice fazer o churrasco e, claro, torcemos muito pelo Brasil!”

Mariana Alves

Mariana tem seus looks inspirados na poderosa Beyoncé e planeja o que fará com o dinheiro da campanha da C&A. “Quero comprar um celular novo e um notebook. Do dinheiro que ganhamos com os shows, metade vai para ajudar em casa e a outra metade usamos para comprar roupa ou para sair”. Ela sabe bem o que mudou em sua vida com o sucesso: “A verdade é que agora a gente está podendo e antes não podia nada. Para o futuro, queremos ter nosso talento reconhecido, conquistar e manter nosso espaço.”

Alice Coelho

É a mais falante do grupo e tem como inspiração o estilo ousado e divertido da rapper Nicki Minaj. Alice consegue se desdobrar entre a escola, o grupo e uma ponta que está fazendo na novela ‘Meu Pedacinho de Chão’. “É bem complicado ter uma folga, mas fico feliz porque faço o que gosto. Não sei se vou fazer o Enem este ano, meu foco é a minha carreira e tenho gravado bastante.” Ela lembra o momento exato em que a carreira foi alavancada: “Fomos fazer um show no Alemão, que tinha tudo para dar errado, e quase desistimos. Mas no último momento fomos e lá conhecemos o Ian, que gravou nosso primeiro clipe. Estouramos há dois anos.”

Jennifer Loiola

É a mais quieta do grupo, mas nem por isso pode ser considerada tímida. Tem fama de falar o mais importante em poucas palavras. Sua musa inspiradora é a cantora Ciara: “Ela tem muito estilo e personalidade forte. Tem um jeito feminino e masculino ao mesmo tempo. Em cada clipe, faz uma coreografia melhor que a outra e dança muito. Amo a Cici.” Jennifer foi a última a entrar no grupo e teve que participar de uma audição para mostrar seu talento. “Cantei uma música de rap. Meu maior sonho é fazer parcerias com as divas internacionais e cantar mais em inglês”, conta ela.

Últimas de Diversão