Projeto de intervenções vai transformar terreno em praça de lazer no Alemão

Ação, aberta aos moradores, vai ocorrer sábado e domingo

Por O Dia

Rio - O  projeto Permanências e Destruições, que está na segunda edição e leva intervenções artísticas a lugares em ruínas no Rio vai promover neste sábado e domingo uma ação no Complexo do Alemão, na Zona Norte. Os participantes do projeto vão transformar um terreno sem utilidade em um espaço de lazer para diversos tipos de usos dos moradores. 

"Formamos um grupo para pensar uma ação específica para o projeto. Com vistas a atuar mais fortemente no debate do espaço público e seus fluxos urbanos, buscamos essa forma potente de desenvolver esta instância de "permanência" num projeto, que, até agora, só tinha explorado as destruições", explicou o curador, João Paulo Quintella. 

Uma das intervenções artísticas ocorreu na Torre H Divulgação

O projeto para o terreno não segue o mesmo modo operante dos outros espaços. Ao invés de convidar um artista para responder com uma ideia a provocação do espaço, o Permanências e Destruições vai tomar voz ativa do processo ao ser mais uma mão a mover uma roda já em movimento, no local.

Há uma agenda específica para o local e a presença visual da iniciativa é bastante importante para fortalecer os laços com o espaço e a ideia sobre uso público deste, no imaginário das pessoas. Complementam a ação workshops de terra, tobogã na encosta e outras possíveis ações que estão sendo debatidas com os moradores. Trata-se ainda de um "work in progress". A esfera prática e a esfera sensível das intervenções estão presentes, com ineditismo, nessa ação do projeto.

Últimas de Diversão