Ludmilla dá pista sobre música da abertura da Olimpíada e faz show na Le Boy

Cantora é uma das artistas que vai comandar a festa na programação do ‘Hidden Agenda In Rio’ (H.A.I.R), que acontecerá nas noites cariocas durante o período dos Jogos

Por O Dia

Rio - A cantora Ludmilla está envolvida no clima olímpico. Além de ser uma das principais atrações da cerimônia de abertura, na sexta-feira, no Maracanã, ela é uma das artistas que vai comandar a festa na programação do ‘Hidden Agenda In Rio’ (H.A.I.R), um calendário de festas, que acontecerá nas noites cariocas durante o período dos Jogos Olímpicos.

Ludmilla prepara novo CD para lançar este mês Divulgação

No evento, que ocupa o espaço onde funcionava a boate Le Boy, em Copacabana, a cantora vai comandar o ‘Fervo da Lud’. “Vou cantar vários ritmos, além do meu repertório. Vai ter funk, hip hop, black music e hits explosivos. Vai ser uma mistura boa. Estou bem ansiosa”, conta Ludmilla, que admite gostar de festa.

“Festejo as coisas boas que Deus me proporciona, junto da minha família e amigos. A verdade é que ando sem tempo. Estou em processo de lançamento do meu CD e totalmente focada no meu novo trabalho”, diz ela, referindo-se ao álbum com lançamento previsto para este mês.

A programação do H.A.I.R vai acontecer até o dia 21 de agosto. A diva do funk melody vai comandar a festa nos dias 3, 10 e 17, sempre às quartas. No cardápio dos outros dias, atrações que passam por Preta Gil, Marcelo D2 e Latino, além de DJs, e várias intervenções que envolverão o público. “A coisa vai ser animada!”, garante.

Sobre a apresentação na cerimônia de abertura olímpica, ela dá pista. “Acho que a música escolhida representa um pouco da minha trajetória e, também, a realidade de muitos brasileiros”, revela Ludmilla.

Da menina que cantava para família aos 8 anos para a artista, que vai cantar para cerca de 13 mil pessoas na abertura do maior evento do esporte mundial, o sentimento é de realização: “É uma grande honra. Será um momento inesquecível como artista e cidadã”.

A cantora também é torcedora, e vai acompanhar as competições de vôlei, ginástica olímpica e futebol. “Adoro futebol. Vou torcer pelos nossos times masculino e o feminino. Jogava na época da escola”, revela.
Depois da participação na Olimpíada, Ludmilla já recebeu convite para outra grande festa: o Carnaval. A escola de samba União da Ilha a convidou para vir à frente da bateria. “Estou verificando a disponibilidade de agenda. Espero que dê certo”, torce Ludmilla.

Últimas de Diversão