Lili Rodriguez: Viva o teatro!

O Copacabana Palace foi mais uma vez o palco escolhido para o prêmio Cesgranrio

Por O Dia

Rio - O Copacabana Palace foi mais uma vez o palco escolhido para o prêmio Cesgranrio de Teatro. No Golden Room, muitos artistas, empresários, jornalistas, formadores de opinião, padres e até acadêmicos — Arnaldo Niskier e Nélida Piñon — todos em um mix alegre e animado. Foram tantos os afagos, agradecimentos que a noite foi longa.

Carlos Alberto Serpa e Nicette BrunoDivulgação

A começar pelos apresentadores... “Eribertinho, que alegria estar aqui com você”, falou toda dengosa Irene Ravache... E ele respondeu: “Repete, para minha esposa gravar... Amor, grava aí...”(risos).

Lilia Cabral, sempre premiada, brincou com a plateia... “Para quem perde, pior é ver os R$ 25 mil (o maior prêmio do teatro brasileiro) voando”...E anunciou Marcos Caruso, como melhor ator. Ele, que no ano passado foi mestre de cerimônia e desmaiou, garantiu que não repetiria a dose. Quando foi receber seu prêmio, um gaiato na plateia gritou: “Gostoso”. Brincalhão, Caruso respondeu: “Que bom, já tenho programa pra depois...”.

Parafraseando Roberto Carlos...foram muitas emoções. Como a lembrança aos atores que nos deixaram em 2016. Stênio Garcia recebeu Wolf Maya, que contou ter vendido uma fazenda para construir um teatro (Teatro Nathália Timberg)... Corajoso!!

Homenageada da noite, pelos seus 70 anos de teatro, Nicette Bruno disse: “Ai meu Deus, nem percebi... Ainda quero um papel que me sacuda! (risos)”. Por último, lançou um suspiro ao marido Paulo Goulart.

Carlos Alberto Serpa, apesar da crise, anunciou  o Le Buffet como um novo espaço cultural para 500 convidados e que vai criar um prêmio de dança, na plateia, Ana Botafogo vibrou.

Últimas de Diversão