Segunda edição do Forró In Rio acontece na quadra da São Clemente

Evento apresenta grupos de forró (chamados tradicionalmente de ‘Trios’, independentemente da quantidade de integrantes) eworkshops de dança

Por O Dia

Rio - A segunda edição do Forró In Rio — Festival Internacional de Dança acontece hoje e amanhã, na quadra da escola de samba São Clemente, na Cidade Nova, Centro do Rio. O evento apresenta grupos de forró (chamados tradicionalmente de ‘Trios’, independentemente da quantidade de integrantes), workshops de dança com professores cariocas e vindos de outros sete estados, entre eles São Paulo, Espírito Santo e Bahia. Com ingressos a preços acessíveis, as apresentações acontecem das 22h30 às 4h.

Trio Nordestino é uma das atrações do festivalDivulgação

“Uma iniciativa como essa é importante, porque valoriza e divulga a nossa cultura. E mostra para o mundo que nosso país não tem só samba e bossa nova como estilos musicais. Tem o forró como MPB e ritmo forte e conceituado também”, diz Beto Sanfoneiro, do Trio Nordestino, que participa do festival.

Marinho Braz e Liene Lora, professores de dança e idealizadores do projeto, esclarecem que o evento oferece aulas durante o dia e show à noite. Para Marinho, que já levou o forró para mais de 20 países, em 17 anos, o Forró In Rio é uma forma de reconhecimento, valorização e coroação de um ritmo que já foi marginalizado no passado.

“Queremos atrair novos e velhos amantes do forró e da cultura nordestina para a cidade, trazendo junto um pedaço do Nordeste para que este público se sinta aconchegado”, conta o idealizador, que completa: “Nosso festival tem representantes em todas as partes do mundo e, desta forma, conseguimos conquistar público estrangeiro e brasileiro, possibilitando um grande intercâmbio entre as culturas e ainda apresentando para todos os países as riquezas do nosso Brasil”.

Trio Virgulino também estará no Forró In RioDivulgação


Liene garante que a segunda edição terá música da melhor qualidade e muita dança para os ‘forrozeiros’. “Temos a possibilidade de valorizar o forró, incentivando o estudo deste movimento tão rico, com tanta bagagem e inúmeras possibilidades. A ideia é manter viva essa chama que faz parte da cultura do país”, diz a professora de dança.

PROGRAMAÇÃO

Pelo palco da quadra da São Clemente passarão seis tradicionais trios, entre eles Trio Potiguá, Trio Xamego, Trio Dona Zefa e Trio Virgulino. Além dos DJ’s Xeleléu e Will Faria. Os idealizadores frisam que a escolha das atrações levou em consideração a trajetória das bandas dentro do movimento. “Todos têm muita história para contar. O mais antigo deles, que é o Trio Nordestino, tem 59 anos de existência. Todos são muito queridos pelo público e sempre arrastam multidões por onde passam”, revela

Liene Lora. Ela acrescenta ainda que todas as atrações tocarão o chamado ‘forró pé de serra’ (criado por Luis Gonzaga lá no pé da Serra do Arararipe). “É um estilo que foi resgatado com a chegada do forró no Sudeste na década de 1990, com uma dança mais contemporânea e músicas que falam da realidade do Sudeste e não mais somente do Nordeste”, ensina.

Também professor, Evandro Paz ministra aulas hoje ensinando como se deslocar pelo salão ao som do forró. “É a dança mais democrática. Pessoas de todas as idades, classes sociais, ideologias e tribos amam forró. É o ritmo que mais enche a pista de dança nos bailes”, garante o paulista com 22 anos de experiência. “Ser forrozeiro está além da dança, é uma missão de vida. Um modo de viver de forma mais simples, desde as roupas até as atitudes sociais”. 

Programação para 'forrozear' hoje e amanhã

SHOWS 

HOJE: Trio Nordestino, Trio Dona Zefa, DJ Darvin Orlan. A partir das 22h30.

AMANHÃ: Trio Virgulino, Trio Potiguá e DJ Marinho Braz. A partir das 22h30. Quadra da escola de samba São Clemente. Av. Presidente Vargas 3.102, Cidade Nova. R$ 40 a R$ 105 (passaporte). 

WORKSHOPS (professores/atividades)

HOJE

13h/14h30:Marinho Braz (xote); Amaral Alves (Passinho do Itaúnas); William Santos (puladinho e merenguinho).

14h45/16h15: Liene Lora e Marinho Braz (damas e cavalheiros); Victor Catedral (floreio de pernas);Valdeck Farias (técnicas de pegadas).

16h30/18h: Daniel Maia (Sacadas de pernas); Evandro Paz (deslocamento pelo salão); Witheney (movimentação de braços). Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro. Rua José Higino 115, Tijuca. R$ 50 a R$ 120.

Mais informações: www.forroinriofestival.rio

Últimas de Diversão