Bloco 'Volta, Alice' arrasta foliões em Laranjeiras

Acostumado a desfilar na segunda-feira de Carnaval, bloco antecipou o cortejo este ano

Por O Dia

Rio - O bloco "Volta, Alice" arrastou milhares de foliões em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio, na manhã deste domingo. Nem o tempo nublado diminuiu a alegria das pessoas. O cortejo começou bem cedo e terminou no início da tarde. O samba deste ano tem como tema "Todo mundo é diferente, todo mundo é igual" e consagrou a diversidade. 

GALERIA: Veja mais fotos do bloco 'Volta, Alice'

Já no Jardim Botânico, o bloco "Me Esquece" comemorou seus 10 anos de existência e levou 300 ritmistas para seu desfile, que teve direito a comissão de frente e coreografia. Uma ala com 60 mulheres usando uma faixa com as inscrições "Missquece 2015" animou a festa.

Foliões se divertem no bloco 'Volta%2C Alice'%2C em LaranjeirasFoto%3A Severino Silva / Agência O Dia

Dezoito blocos desfilam neste domingo

Os foliões tem um domingo pré-carnavalesco com muitas opções nas ruas da cidade. Ao todo, 18 blocos fazem seus desfiles ou apresentações. Confira abaixo alguns deles.

Volta Alice: a concentração está marcada às 9h, na Rua Alice, em Laranjeiras.

Calma, Calma, Sua Piranha: Rua Visconde de Caravelas, em Botafogo, com início previsto às 11h.

Me Esquece: desfila pela Rua Jardim Botânico com concentração na esquina da Pacheco Leão, às 10h.

Estratégia: o bloco se apresenta, parado, na Praça Tiradentes, no Centro, a partir das 16h.

Boi da Vila da Penha: concentração na Rua Ápia, na Vila da Penha, às 17h.

Meu Amor, Eu Vou Ali: o bloco da Vila Valqueire, em Jacarepaguá, se concentra na Estrada Intendente Magalhães, na altura do número 291, às 13h.

Vai Tomar no Grajaú: a concentração é às 16h na Rua Engenheiro Richard, na altura do 107, no Grajaú.

Orquestra Voadora: ensaio às 16h, atrás do Museu de Arte Moderna, no Aterro do Flamengo.

Foliões fantasiados no bloco 'Volta%2C Alice'Severino Silva / Agência O Dia

BLOCOS TAMBÉM ANIMARAM FOLIÕES NO SÁBADO

No sábado, milhares de foliões com roupas dos célebres super-heróis dos quadrinhos e dos filmes tomaram a Praça Santos Dumont, na Gávea, para se esbaldar no Desliga da Justiça. Fantasiados não só como heróis, mas também como vilões, os integrantes empolgavam com caminhão de som. Tinha do Chapolin Colorado ao Capitão Presença (o super-herói legalize) passando, claro, por Batman, Homem de Ferro, Thor e outros badalados. Teve espaço até para homens vestidos de Mulher Maravilha e garotas de Super Homem.

No início da tarde, o Imprensa Que Eu Gamo comemorou seus 20 anos desfilando por Laranjeiras. Em um bloco de jornalistas, não podia faltar uma marchinha recheada de alfinetadas à situação atual do país. “Se rolar um apagão/vou brincar de gato mia/ Já que tá faltando água/ Banho junto todo dia”, dizia a letra, que também fazia menção ao famigerado pau de selfie.

Desliga da Justiça animou foliões no Baixo GáveaFoto%3A Fabio Gonçalves / Agência O Dia

A historiadora Valéria Cysneiros, 51, usava uma fantasia de ‘Maria Lata D’água’, que combinava com a cantoria. “Tive a ideia um dia que fui ao chuveiro da praia e não tinha água. Aí me lembrei da Maria Lata D’água, que era passista da Portela, e criei a fantasia”,disse aproveitando o chuvisco que caía. A porta-bandeira, Aline Prado, era só sorrisos. Ano passado ela se casou no bloco, e neste ano levou o filho Arthur, que ficou com a avó na concentração porque tem apenas quatro meses.

No final da tarde, foi a vez da tradicional Banda de Ipanema arrebatar os foliões na Zona Sul. Quem fez sucesso por lá foi o servidor público Cesar Teixeira, 63. Com o tema “je suis Petrobras”, ele se vestiu de paciente de hospital. “É uma fantasia de protesto pelo momento atual”, afirmou ele, se referindo aos escândalos de corrupção da estatal.

Últimas de Carnaval