Barracão da Portela ganhará nome de Marcos Falcon

Homenagem foi anunciada pela diretoria durante a feijoada do último sábado

Por O Dia

Rio - Marcos Falcon, presidente da Portela morto no último dia 26, terá seu nome eternizado no barracão de alegorias da escola, na Cidade do Samba. Por decisão da diretoria, o espaço passará a se chamar 'Fábrica de Sonhos Presidente Marcos Falcon'. O anúncio foi feito pelo presidente Luis Carlos Magalhães, no último sábado, durante a Feijoada da Família Portelense, que foi marcada pela emoção.

Barracão de alegorias da Portela vai se chamar 'Fábrica de Sonhos Presidente Marcos Falcon'. Decisão foi anunciada na feijoada do último sábadoRaphael Perucci / Divulgação

Ao lado de Falconi, Marcus Vinícius e Daniel, três dos sete filhos de Falcon, e de Tia Surica, Luis Carlos Magalhães fez um pequeno discurso no palco em que exaltou o legado do eterno presidente e revelou a novidade. "Esta é a primeira homenagem das muitas que ainda virão por aí. Até agora, as homenagens estavam nas palavas e nos pensamentos. Agora, é uma coisa concreta. Nosso barracão passará a ter o nome do Falcon. Quero agradecer ao nosso departamento de marketing, através do Paulo Renato, que foi o autor da ideia. A inauguração será no dia da gravação do coro para o CD dos sambas-enredo. Falcon nunca será esquecido pelos portelenses. Nossa missão é dar continuidade ao legado dele", disse Luis Carlos.

Outro momento emocionante da tarde ficou por conta da homenagem ao compositor Casquinha, membro ilustre da Velha Guarda. Aos 93 anos, o sambista foi reverenciado por seus familiares e pela diretoria. Ele também recebeu o carinho do escritor João Baptista M. Vargens, que lançou, durante a feijoada, o livro "Casquinha da Portela, Andanças e Festanças", com curiosidades e histórias da vida e da obra do autor de clássicos como "Recado" e a "A Chuva Cai".

Convidado especial do evento, o compositor Moacyr Luz contagiou o público com alguns de seus principais sucessos, como "Vida da Minha Vida", "Cabô, Meu Pai" e "Estranhou o Quê?". Ele também foi homenageado pelo presidente Luis Carlos Magalhães. Em seguida, Moacyr recebeu o chapéu personalizado da escola das mãos de Marcus Vinícius, filho de Falcon.

Neta de Cartola e diretora do Museu do Samba, Nilcemar Nogueira também prestigiou o evento, na companhia de Guezinha, filha da saudosa Dona Neuma da Mangueira.

O elenco-show da Portela encerrou a programação em grande estilo, brindando o público com uma grande apresentação.